UPA-Policlínica de Ouro Preto (MG) aprimora atendimento com Assistência Social - CONASEMS
voltar

Gestão | 11/02/2011

UPA-Policlínica de Ouro Preto (MG) aprimora atendimento com Assistência Social

235K7237-Leito_UPA-fotonenovianna_Divulgacao_Ascom-PMOP
235K7237-Leito_UPA-fotonenovianna_Divulgacao_Ascom-PMOPA Unidade de Pronto Atendimento (UPA-Políclinica) de Ouro Preto, por meio da Secretaria de Saúde e da coordenação da Unidade, vem implantando alternativas para melhoria no atendimento e prestação de serviços. Além de desempenhar várias ações previstas pela estrutura que criou, o Serviço Social da Unidade está coordenando também um programa que visa melhorar a limpeza e a higienzação de toda UPA e da Policlínica proporcionando um atendimento de qualidade para os usuários.

De acordo com a assistente social Flávia Aparecida Mendes Alves, a equipe está elaborando um regulamento interno com o objetivo de aperfeiçoar o trabalho. “Estamos realizando reuniões mensais com a finalidade de retirar dúvidas sobre os diversos setores da limpeza”, afirma Flávia Aparecida. Para o secretario de Saúde, Ariosvaldo Figueiredo, as assistentes sociais desempenham um papel muito importante, pois tem um olhar abrangente da problemática sobre Saúde.

Roupas de cama
As ações desenvolvidas pelas assistentes sociais da UPA-Policlínica abrangem também a organização do setor de roupas de cama, incluindo lençóis cobertores e a higienização dos leitos. “Estamos montando um projeto de qualidade envolvendo a confecção de placas para sinalizar que um leito já foi higienizado. O sistema será implantado a partir deste mês de fevereiro numa iniciativa que deve envolver a participação de todos os funcionários da Unidade”, anuncia a assistente social Flávia Aparecida Mendes Alves.

Ainda de acordo com Flávia, muitos lençóis e cobertores acabavam sumindo. Ela explica que trata-se de uma área de atendimento público e que situações como esta acabam ocorrendo. “Estamos aprimorando o controle para evitar a falta destes materiais e em breve todos terão a logomarca da UPA. Com eles identificados, a tendência é diminuir o número destas ocorrências no setor”, explicou.

A assistente social informou a chegada de novos colchões, lençóis e cobetores para Unidade, em boa quantidade para todos os 19 leitos, sendo cinco em cada enfermaria de adulto (masculina e feminina), cinco de pediatria, dois de isolamento e dois de emergência. Flavia disse ainda que o uso vai desgastando o material, mas todo ele será otimizado buscando melhorar o atendimento aos pacientes. As assistentes sociais ainda não dispõem de uma classificação de risco em pleno funcionamento. Atualmente é realizada uma pré-consulta por um enfermeiro.

Entre outras atribuições do setor de Assistência Social da UPA, que conta com duas profissionais formadas na área, está o auxilio no equacionamento das questões sócio-familiares que possam estar interferindo na Saúde dos pacientes que procuram a instituição, essencial para ajuda e encaminhamento dos pacientes.

Foto: Leito com novos lençóis da UPA-Policlínica de Ouro Preto (Neno Vianna – Divulgação Ascom/PMOP)


Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Ouro Preto (MG) 

Compartilhar