voltar

Vídeo | 20/12/2019

Retrospectiva 2019: confira os episódios dos Webdocs Brasil, aqui tem SUS lançados este ano

Em 2019, o Conasems lançou 20 episódios da série Webdocs Brasil, aqui tem SUS referentes aos premiados nas 15ª e 16ª Mostra Brasil, aqui tem SUS. Foram inúmeras horas de gravação e quilômetros rodados em todas as regiões de Brasil para retratar o trabalho de excelência desempenhado pelos profissionais do Sistema Único de Saúde.

Saúde mental e saúde do idoso foram as temáticas mais recorrentes nos episódios lançados este ano. Desde o atendimento domiciliar a pacientes com transtornos mentais, à redução do número de suicídios entre adolescentes, passando pelo melhor acolhimento de mulheres que sofrem violência doméstica e sexual, até a realização de um campeonato de futebol para ofertar serviços de saúde voltados para o homem, os episódios da websérie mostraram ao longo do ano o SUS que dá certo em todo Brasil.

Reveja todos os episódios lançados este ano:

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Saloá – PE

O município de Saloá, em Pernambuco, implantou um sistema alternativo de tratamento de água na região. A estratégia utilizada é o clorador flutuante, recurso eficiente e de baixo custo. A Vigilância em Saúde e a Atenção Básica montaram uma rede para acompanhar a qualidade da água e as estratégias tiveram repercussão positiva na qualidade de vida da população, diminuindo em mais de 70% os casos de doenças relacionadas a água.

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Pontalina – GO

O projeto Atividade física na zona rural como ação modificadora oferece mais qualidade de vida para pessoas que residem em regiões afastadas do centro da cidade de Pontalina-GO e que, muitas vezes, não tem condições de se deslocar até a área urbana. Além de levar exercícios físicos para as comunidades da zona rural, o encontro também promove a integração entre os moradores dessas áreas.

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Riachão do Jacuípe – BA

Por meio da ação itinerante, profissionais do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) atendem em comunidades da região levando assistência aos pacientes com transtornos mentais que não têm condições de frequentar o CAPS na sede do município. O trabalho visa principalmente integrar a Atenção Básica e a Saúde Mental.

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Piedade de Caratinga – MG

Em janeiro de 2017, Piedade de Caratinga registrou surto de Febre Amarela, totalizando 13 casos confirmados e 5 óbitos no município. Diante desse cenário, a Secretaria Municipal de Saúde organizou mutirão de vacinação e fez busca ativa para registrar os dados com precisão no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI).

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Pancas – ES

O projeto “Idosos em Ação” é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde de Pancas e tem como eixo de atuação a promoção da saúde do idoso. Além de aulas de ginástica conduzidas semanalmente por fisioterapeutas e educadores físicos, o projeto integra acompanhamento médico, nutricional, psicológico e dental seguindo as diretrizes da Cartilha do Idoso do Ministério da Saúde.

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Cuiabá – MT

A implementação da Unidade de Referência de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde em Cuiabá é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde. A URPICS concentra vários tipos de terapias complementares em um só lugar. A unidade que fica no Horto Florestal Tote Garcia oferece à população práticas como reiki, auriculoterapia, homeopatia, nutrição funcional, dentre outras, que são disponibilizadas com o intuito de ampliar as abordagens de cuidado e as possibilidades terapêuticas para os usuários do SUS.

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Antônio João – MS

O projeto Inovando o cuidar e empoderando usuários e familiares em sofrimento psíquicos é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde de Antônio João, Mato Grosso do Sul. O trabalho consiste em busca ativa para identificar e convidar portadores de transtorno mental e familiares para participarem de encontros mensais que contam com a presença de todos os profissionais do NASF-AB. O projeto visa melhorar o acolhimento dos usuários, fazer o acompanhamento periódico do tratamento dos pacientes e aumentar o envolvimento da família para que os casos de internações sejam evitados ao máximo.

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Mangaratiba – RJ

O projeto Arte Viva, da secretaria municipal de saúde de Mangaratiba-RJ tem objetivo de aumentar o número de notificações de violência e o estreitamento do diálogo intersetorial, implicando o acionamento de toda a rede cuidados por intermédio de protocolos de acolhimento e fluxo de atendimentos.

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Fernão – SP

O trabalho da Secretaria Municipal de Saúde de Fernão-SP é voltado especialmente para pessoas que sofreram AVC (Acidente Vascular Cerebral). Exercícios físicos e jogos lúdicos, para estimulação motora e cognitiva, são realizados por uma terapeuta ocupacional e fisioterapeuta. Além disso, o projeto promove passeios e atividades externas em grupo para incentivar o convívio social.

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Porto Nacional – TO

A partir da elaboração do diagnóstico situacional da Atenção Básica no município de Porto Nacional, a gestão elaborou um plano de trabalho que priorizou a melhoria no atendimento e que garantisse maior taxa de acesso da população aos serviços de saúde. Além de reorganizar os processos dentro das UBS, o projeto também estimula a capacitação constante dos profissionais de saúde através de parcerias com Universidades e com a Secretaria de Estado de Saúde do Tocantins.

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Joinville – SC

O Núcleo de Apoio Técnico (NAT-Jus), implantado pela Secretaria Municipal de Saúde de Joinville-SC, tem objetivo de resolver administrativamente litígios a fim de diminuir o custo gerado pelas demandas judiciais. A partir da atuação do projeto foi possível economizar milhões de reais dos cofres públicos. O Núcleo conta com uma equipe técnica responsável por subsidiar os diversos órgãos componentes do sistema de justiça com informações referentes à saúde pública. O NAT-Jus conta com médicos, farmacêuticos, advogados, servidores de apoio administrativo profissionais colaboradores selecionados entre médicos especialistas e demais profissionais.

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Minas do Leão – RS

A Reunião da Rede de Atenção foi criada com objetivo de integrar as áreas da prefeitura de Minas do Leão-RS a fim de resolver problemas em conjunto e de forma mais resolutiva. Idealizado pela Secretaria Municipal de Saúde, o encontro mensal conta com participação de representantes da Saúde, Educação, Assistência Social, Conselho Tutelar e outros setores que discutem caso a caso, usuários e famílias que necessitam de acompanhamento.

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Apucarana-PR

O projeto Visita Guiada, da Secretaria Municipal de Saúde de Apucarana-PR, promove visitas à maternidade para as futuras mães conhecerem o espaço, procedimentos, profissionais a fim de diminuir a insegurança e ansiedade das gestantes. As visitas são antecedidas por orientações sobre o processo de trabalho de parto natural e casos onde é necessário a realização de cesária, aleitamento e esclarecimentos de dúvidas, que são prestadas na Escola da Gestante.

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Santa Bárbara – BA

Entre os meses de setembro e dezembro de 2018, foram registrados 13 tentativas de suicídio e quatro suicídios de jovens entre 14 e 21 anos em Santa Bárbara-BA, o que assustou não apenas os moradores, mas as equipes de saúde locais.

O episódio “Escuta Sensível – prevenção do suicídio em jovens” conta como a Secretaria Municipal de Saúde reorganizou a Atenção Básica local para realizar ações de promoção, prevenção e combate ao suicídio. Além de terapia em grupo nas escolas, o projeto aproximou o CAPS da população e criou uma rede de cuidado e atenção coletiva no município.

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Santana do Ipanema – AL

O projeto Cine Teen Sertanejo foi criado em 2017 pela Secretaria Municipal de Saúde de Santana do Ipanema-AL para atender a alta demanda de pacientes jovens com transtorno mental. A partir da exibição de filmes, os profissionais do NASF promovem rodas de conversa sobre saúde mental, relações familiares, sexualidade entre outros assuntos com os adolescentes. O projeto também prevê o acompanhamento individual dos jovens e de suas famílias.

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Porto Firme – MG

O trabalho da Secretaria Municipal de Saúde de Porto Firme-MG visa diminuir as internações de pacientes psiquiátricos a partir de visitas domiciliares nas zonas urbana e rural do município. Cerca de 50 usuários recebem visitas quinzenais da equipe multidisciplinar e de estagiários de medicina da Universidade Federal de Viçosa-MG.

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – São Paulo – SP

A partir da implantação da política de saúde integral LGBT na região central de São Paulo, o município oferece, para mais de 700 transexuais e travestis, hormonioterapia com acompanhamento médico e psicológico, além de intervenções cirúrgicas, como a mastectomia para homens trans. Também foi incorporado ao serviço o trabalho do Consultório na Rua, que hoje conta com 16 Agentes Sociais trans e travestis levando atendimento até pessoas que não acessam as unidades de saúde.

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Sena Madureira – AC

O Programa Saúde do Homem e o Esporte, da Secretaria Municipal de Saúde de Sena Madureira-AC, realiza campeonatos de futebol em comunidades de difícil acesso para reunir os homens a fim de promover o acesso à saúde. Durante o dia do jogo são realizados testes rápidos de Sífilis, HIV, Hepatites, vacinação, atendimento médico e odontológico.

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Silvânia – GO

A Secretaria Municipal de Saúde de Silvânia-GO desenvolveu processo de organização da Atenção Básica a partir da PAS-Planificação da Atenção Primária à Saúde, iniciando novos fluxos nas unidades e nos territórios de cobertura dos agentes comunitários. Também foi implantada a informatização e a marcação de consultas por telefone, trazendo resultados positivos para a população.

 

Webdoc Brasil, aqui tem SUS – Jucurutu – RN

“Informar, testar e tratar” são as três etapas do trabalho realizado desde 2017 em Jucurutu-RN e, recentemente, implantado em Natal-RN. A equipe promove palestras dinâmicas sobre sexualidade, doenças e formas de prevenção além de levar testes rápidos para detecção de ISTs.

 

Confira mais episódios no Canal do Conasems no Youtube.

Compartilhar