Padilha visita o Acre e garante recursos para ações de combate a dengue - CONASEMS
voltar

Gestão | 18/01/2011

Padilha visita o Acre e garante recursos para ações de combate a dengue

Padilha_no_Acre_foto_sergio_vale_36
Padilha_no_Acre_foto_sergio_vale_36A Capital acreana é uma das 16 cidades, com risco de epidemia de dengue, visitadas pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha. A visita ocorreu no último sábado, 15, tendo como um dos objetivos reforçar as ações de combate à doença no estado.

O ministro visitou várias unidades de saúde e, ao lado do governador Tião Viana, garantiu repassar R$ 5,4 milhões para serem investidos na guerra contra a dengue no estado. As ações de combate aoAedes aegypti devem ser executadas em quatro meses.

“Tião foi o primeiro governador a ir ao meu gabinete, em Brasília, levando embaixo do braço um planejamento com estimativa orçamentária de todas as ações necessárias para melhorar o atendimento à saúde e montar uma operação de guerra contra o mosquito da dengue”, disse Padilha.

Rio Branco concentra o maior número das notificações de dengue registradas no estado, mais de 80%, e um índice de infestação predial de aproximadamente 6%. O percentual está acima do preconizado pela Organização Mundial de Saúde.

Para reforçar o trabalho de vigilância e evitar uma possível  epidemia por dengue na Capital, o Governo do Estado e a Prefeitura de Rio Branco estão tomando uma série de medidas, dentre elas a contratação de agentes de endemias (concurso em andamento), atividades nas escolas, limpeza pública, reorientações nas unidades de saúde, reuniões de planejamentos, distribuições de tampas de caixa d’água, além de outras.

No primeiro dia útil do Governo Tião Viana foi lançada a Operação de Guerra Contra a Dengue, uma campanha que envolve mais de 900 pessoas, entre agentes de endemias, operadores de máquinas pesadas e outros trabalhadores. Em menos de 15 dias foram retirados de 2.365 toneladas de entulhos dos bairros que já foram visitados pela equipe.


Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde do Acre/ Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Rio Branco.  

Compartilhar