Joinville (SC) decreta situação de emergência - CONASEMS
voltar

Gestão | 21/01/2011

Joinville (SC) decreta situação de emergência

brasãojoivile
brasãojoivileIntegrantes do Comdec (Comissão Municipal de Defesa Civil) reunidos na manhã desta sexta-feira (21/1) decidiram decretar situação de emergência no município depois do sexto episódio de chuva forte desde o início de janeiro. Mesmo com dez dias pela frente, esse já é o janeiro com mais chuvas dos últimos anos em Joinville.

De acordo com a Defesa Civil todos os bairros do município foram atingidos. Foram cerca de 100 casos de deslizamentos. Mais de mil residências foram invadidas pelas águas. Três abrigos foram montados para receber os desabrigados no Jativoca, Vila Nova e Morro do Meio. São cerca de 60 pessoas alojadas nesses lugares. Bombeiros e Defesa Civil retiraram de barco pessoas em áreas de risco.

A Defesa Civil sobrevoou o município junto com o Grupamento de Radiopatrulhamento Aéreo (GRAER) da Polícia Militar, no final da tarde dessa quinta-feira (20). As imagens mostraram todas as laterais da rua Anita Garibaldi alagadas. No Vila Nova, todas as laterais da rua Bento Torquato da Rocha também estavam intransitáveis e cheias de água. Na Vila Arataca, pessoas ilhadas. No Jativoca, o acesso só com barcos. Na rua João Colin, a água chegou a 1,5 metro.

Moradores ilhados foram retirados com o apoio do Exército, Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville e Polícia Militar. Muita gente andava com água pelo peito. A água nas casas chegava a mais de 1,20 de altura. Os ônibus não conseguiam passar em muitas regiões.

Perto das 23h os caminhões do Exército não conseguiam trafegar em muitas ruas. Durante a madrugada, a preocupação da Defesa Civil era com o Jardim Sofia, por causa do grande volume de água do rio Cubatão.

Cinco casas foram interditadas nas proximidades da Univille por causa de um deslizamento. Outras cinco residências também sofreram interdição perto do Morro do Finder. Joinville enfrentou também quedas de muros e árvores. Na Zona Sul há a preocupação com as residências perto das encostas que, por causa do solo encharcado, podem sofrer novos deslizamentos.

Coletiva de imprensa

Ainda nesta nesta sexta-feira (21/11), na Sala do Colegiado da Prefeira, haverá Coletiva de Imprensa com a presença do prefeito Carlito Merss. Serão divulgadas informações sobre a reunião da Comissão Municipal de Defesa Civil (Comdec), realizada às 11 horas. O Comdec decidiu pelo decreto de situação de emergência no município.


Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Joinville (SC)

Compartilhar