Governo de Alagoas investe na modernização da farmácia do Estado - CONASEMS
voltar

Gestão | 01/02/2011

Governo de Alagoas investe na modernização da farmácia do Estado

fabio_da_farmex_007
fabio_da_farmex_007A nova Central de Medicamentos Excepcionais terá sua capacidade de atendimento aos usuários triplicada, a partir de amanhã (01), quando será reinaugurada a obra de reforma para ampliação da Diretoria de Assistência Farmacêutica (DAF). A Central de Medicamentos Excepcionais do Estado tem 14 mil usuários cadastrados. A partir de amanhã, a capacidade de atendimento diário será de 800 pessoas. O governo do Estado investiu cerca de R$ 30 mil reais na ampliação da área. Em apenas 4 anos, número de pessoas assistidas na DAF saltou de 4 para 14 mil beneficiados.

Segundo o secretário da Saúde, Alexandre Toledo, após a reforma o usuário contará com atendimento  mais cidadão. “A assistência farmacêutica deve avançar para melhorar a cada dia a qualidade dos serviços ofertados à população alagoana, principalmente na farmácia de medicamentos de alto custo e nas unidades de saúde” ressaltou.

O diretor de Assistência Farmacêutica da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Fábio Pacheco, afirmou que o prédio será entregue à população com um espaço mais amplo e confortável e ambiente climatizado.

Com a ampliação, o número de poltronas passará de 20 para 60, os guichês serão duplicados. Antes da reforma eram três. Foi criado um Balcão de Informações, onde será realizada a triagem dos usuários.  Fábio Pacheco afirmou que a obra representa a realização de um projeto elaborado para garantir respeito aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

O diretor de Assistência Farmacêutica da Sesau lembrou que, durante os 30 dias em que a obra de reforma e ampliação foi realizada, nenhum prejuízo foi causado aos usuários serviço de medicamentos excepcionais do Estado. “Realizamos uma programação para assegurar que durante os últimos 30 dias nenhum usuário ficasse sem atendimento”, finalizou o diretor de Assistência Farmacêutica da Sesau.


Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde de Alagoas 

Compartilhar