Exames de urgência para diagnosticar casos de dengue são realizados nas Policlínicas - CONASEMS
voltar

Gestão | 15/02/2011

Exames de urgência para diagnosticar casos de dengue são realizados nas Policlínicas

740-destaque
740-destaqueA coordenadora do Laboratório Central de Cuiabá (Lacec), Ana Paula Hermoza de Souza, irá capacitar 30 técnicos de enfermagem das 06 Policlínicas, hoje (14/02), das 14h às 17h, no auditório da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O objetivo é capacitar os profissionais do Pronto Atendimento para realização dos exames de urgência das Policlínicas, como nos casos de Dengue.

De acordo com o técnico da atenção secundária, Willians Blank, o resultado da coleta de exame é fornecido ao paciente em até 3hs após a realização do exame. “Há cerca de dois anos atrás o resultado era fornecido após dias de espera e o laboratório enviava para as Policlínicas via fax. Hoje, é tudo feito online e com mais agilidade”, disse o técnico sobre o avanço laboratorial de urgência.

Para Willians Blank a agilidade dos exames de urgência contribui no tratamento precoce dos pacientes, como nos casos de Dengue. “O hemograma completo mede o nível das plaquetas, o que pode monitorar a evolução do quadro e tratar precocemente as complicações”, frisou.

As Policlínicas realizaram em janeiro, deste ano (em 2011), 4.086 coletas de emergência. O técnico informou que a coleta não significa o número de exames realizados. “Muitas vezes uma coleta representa de três a quatro exames”, explicou.

São mais de 20 exames de urgência realizados nas Policlínicas, como: HIV (Teste rápido), Glicose (Diabets), Hemograma completo, Beta HCG (Teste de gravidez), TTPA (Tempo de tromboplastina parcial ativada), Bilirrubinas totais e frações (questões hepáticas), entre outros.

Os exames de urgência são realizados mediante pedido médico em casos graves. Segundo as informações da SMS, as Policlínicas fazem também exames de rotina, que são feitos sob agendamento e o resultado é fornecido de 5 a 10 dias.

Esta é a segunda etapa da capacitação que inclui aulas teóricas e prática com o uso das agulhas a vácuo, que é o novo material disponível na rede SUS.

Mais informações: 3617-7379.


Assessoria de Comunicação de Saúde de Cuiabá 

Compartilhar