Cosems/ES: Seminário de acolhimento reúne novos gestores municipais de saúde para debater os desafios do SUS - CONASEMS
voltar

COSEMS - ES | 05/03/2021

Cosems/ES: Seminário de acolhimento reúne novos gestores municipais de saúde para debater os desafios do SUS

O Colegiado de Secretarias Municipais de Saúde do Espírito Santo (Cosems/ES) realizou, nesta quarta-feira (03) e quinta-feira (04), no Hotel Fazenda China Park, em Domingos Martins, o Seminário de Acolhimento dos Gestores Municipais de Saúde 2021. O evento reuniu os novos secretários de Saúde dos municípios capixabas para orientá-los sobre a gestão do SUS e seus principais desafios, principalmente em tempos de pandemia do Coronavírus (Covid-19).

A abertura do seminário contou com a presença do governador do Estado, Renato Casagrande, do presidente do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Wilames Freire, da presidente do Cosems/ES, Cátia Lisboa, do superintendente estadual do Ministério da Saúde, Bartolomeu Lima, superintendente da região Sul de Saúde, José Maria Justo, e do prefeito de Domingos Martins, Wanzete Kruger.

O governador Renato Casagrande destacou a importância do seminário para fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS), sobretudo no enfrentamento à pandemia. “A pandemia está mostrando o quão fundamental é o SUS e que seu fortalecimento é importante para que possamos dar o direito a todos de terem um atendimento digno e eficiente. Essa formação é fundamental para que a gente avance nesse sentido. Estamos vivenciando um momento desafiador, mas é preciso que a gente continue seguindo os protocolos e trabalhe para que a atenção primária funcione bem, principalmente para diminuir a rede de transmissão do vírus”, ressaltou.

A presidente do Cosems/ES, Cátia Lisboa, que também é Secretária de Saúde de Vila Velha, salientou que um dos objetivos do Seminário foi fortalecer os municípios na gestão do SUS, principalmente diante da pandemia. “Este acolhimento potencializa um importante espaço colegiado de diálogo e deliberação. Foi um momento dos secretários se aproximarem de informações técnicas fundamentais para o início da gestão”, disse.

Cátia salientou ainda que o grande desafio na atualidade é qualificar o Sistema de Saúde de tal modo que possa responder adequadamente as novas necessidades de saúde da população. “Nesta perspectiva, o fortalecimento da Atenção Primária à Saúde, a estruturação adequada dos serviços de referência especializada e de Urgência e Emergência são estratégias fundamentais”, pontuou.

 

Primeiro dia

O primeiro dia de evento contou com palestras de importantes nomes da área da saúde.

O presidente do Conasems, Wilames Freire, abriu a programação com a palestra “Ser Gestor”. Ele destacou a importância de um gestor municipal de saúde. “Tenham tempo e dedicação para serem gestores, conheçam o SUS, a saúde básica, os processos e procedimentos”, reforçou Wilames.

Em seguida, foi a vez do tema “Gestão do SUS em tempos de Pandemia: do desafio ao legado”, que contou com a participação do médico sanitarista Gonzalo Vecina Neto.

Na parte da tarde, os médicos Heider Aurélio Pinto e Adriano Massuda apresentaram e debateram a importância da inovação na saúde pública com a palestra “O Marco da Ciência e da Tecnologia aplicado ao SUS: caminhos para superação dos desafios da saúde coletiva.”

Logo após, o tema debatido foi “Governança no SUS: dos modelos e das possibilidades de formas jurídicas de gestão da Saúde”. Os palestrantes foram a dra Valéria Alpino Bigonha Salgado, psicóloga especialista em Direito Sanitário, e Aldino Graef, ex-Diretor de Articulação Institucional no Ministério do Planejamento e gestor de administração do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos.

A programação do dia terminou com a palestra “Como organizar a atenção básica no município e na região de saúde”, ministrada pelo secretário executivo do Conass, Jurandir Frutuoso, e a assessora técnica do Conass, Maria José Evangelista.

 

Segundo dia

Ainda pensando na capacitação dos gestores, o segundo dia contou com a palestra sobre “Sistemas de Informação”, com a participação do assessor técnico do Conasems, Diogo Demarchi. Diogo também falou sobre o tema “Previne Brasil/ Nova PNAB”, junto com a chefe do Núcleo Especial da Atenção Primária em Saúde da Secretaria da Saúde (Sesa), Maria Fernanda Moratori.

“Regionalização” foi o tema da palestra do assessor técnico do Conasems, Rodrigo Lacerda e do gerente de Políticas e Organizações de Redes de Atenção à Saúde (Geporas) da Sesa, Cristiano Luiz Ribeiro de Araújo. “Esse diálogo com os municípios é fundamental para criar esse vínculo, uma vez que a regionalização é um processo de pactuação entre os federados. Com esse contato, implementamos os serviços e melhoramos o acesso do cidadão à saúde”, disse Cristiano.

À tarde, foi a vez da assessora técnica do Conasems, Blenda Leite, falar sobre “Financiamento do SUS”. Blenda, que respondeu diversas dúvidas dos gestores, ressaltou a importância do tema. “Financiamento é sempre um tema delicado que gera muitas dúvidas. Aqui no Conasems, estamos à disposição para auxiliar os gestores”, frisou Blenda.

Para finalizar, o superintendente do Ministério da Saúde, Bartolomeu Lima, falou sobre as “Atuações da Superintendência Estadual do Ministério da Saúde no Espírito Santo”.

Ao final de cada palestra, os participantes tiveram espaço para perguntas e debates. Em virtude da pandemia do novo Coronavírus, o seminário foi realizado restritivamente aos secretários municipais de saúde dos 78 municípios capixabas, seguindo os protocolos de segurança e higienização.

 

Apresentações das palestras:

Compartilhar