Alagoas promoverá inclusão digital para usuários dos CAP's - CONASEMS
voltar

Gestão | 05/01/2011

Alagoas promoverá inclusão digital para usuários dos CAP’s

1-2397
1-2397Cidadania. Para assegurar a reinserção social dos usuários dos 46 Centros de Atenção Psicossocial (CAPs) de Alagoas, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) vai implantar o Projeto INFOCAPS, que tem o objetivo de romper preconceitos e fortalecer a cidadania dos dependentes químicos e portadores de transtornos mentais, que terão acesso a cursos de informática.

Com isso, eles passarão a dominar as ferramentas da informática, assim como os seus familiares, já que o projeto integra toda a rede social ligada aos usuários dos Caps. “Através do projeto, a Sesau também pretende promover a geração de emprego e renda para os usuários dos Caps, resgatando assim a sua cidadania”, informa o gerente de Saúde Mental da Sesau, Berto Gonçalo.

Segundo ele, a Sesau firmou parceria com as Secretarias de Saúde Municipais, já que as aulas serão ministradas em telecentros e lan houses disponibilizadas pelas prefeituras. Os cursos terão carga horária de 80 horas e serão coordenados pelos técnicos administrativo da Gerência de Saúde Mental do Estado.

“Este projeto tem como objetivo promover a inclusão digital de pessoas excluídas digitalmente, utilizando as tecnologias da informação como instrumentos de construção e exercício da cidadania, através da democratização do acesso e com ajuda da tecnologia disponível buscam-se integração entre educação, saúde e a tecnologia, visando à transformação social”, salienta Berto Gonçalo.

Ainda de acordo com ele, o Projeto INFOCAPS foi criado com base na Lei 10.216 de 2001, conhecida como Lei da Reforma Psiquiátrica. Ela redireciona o modelo assistencial em saúde mental, promovendo assim a reorganização das atividades e serviços. “Para iniciar o projeto foram escolhidos os Caps localizados na 3ª Região de Saúde, onde estão situados os municípios do Sertão de Alagoas”, destacou o gerente de Saúde Mental da Sesau.

Berto Gonçalo evidencia que a reabilitação psicossocial representa um processo que visa gerar oportunidade às pessoas com sofrimento psíquico para alcançar uma melhor qualidade de vida na comunidade. “Portanto, esta reabilitação aponta para a redução de estigma e preconceito e visa promover eqüidade e oportunidade para os usuários da Saúde Mental, segundo especificou o estudioso Hirdes”, relembra.

Conteúdo programático – Durante as aulas do Projeto INFOCAPS, os usuários irão contar com uma aula por semana. Segundo o conteúdo programático, serão ministradas aulas de domínio do teclado e mouse, sistema operacional e internet; editor de texto básico, intermediário e avançado; digitação; planilha eletrônica básica e avançada, manutenção e configuração de microcomputador e Power point.

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde de Alagoas 

Compartilhar