voltar

Vigilância | 11/01/2019

Surto de Sarampo: 10.274 casos confirmados no Brasil

Roraima e Amazonas concentram a maior parte dos casos, do total, 9778 estão em praticamente todos os municípios amazonenses

O Ministério da Saúde atualizou, nesta quarta-feira (09), as informações sobre a situação do sarampo no país. Desde o início de 2018, até 8 de janeiro deste ano, foram confirmados 10.274 casos no Brasil. Atualmente, o país enfrenta dois surtos de sarampo: no Amazonas com 9.778 casos confirmados e, em Roraima, com 355 casos. Três estados apresentaram óbitos pela doença: quatro em Roraima, seis no Amazonas e dois no Pará.

Também foram identificados casos nos estados de São Paulo (3), Rio de Janeiro (19); Rio Grande do Sul (45); Rondônia (2), Bahia (2), Pernambuco (4), Pará (61), Distrito Federal (1) e Sergipe (4).

Os surtos estão relacionados ao grande fluxo migratório de refugiados venezuelanos no país, que foi intensificado em 2018. O país vizinho sofre surto da doença desde 2017. De acordo com o Secretário Municipal de Saúde de Manaquiri-AM e presidente do COSEMS Amazonas, Januário Neto, os serviços de saúde dos municípios amazonenses estão sobrecarregados. “Precisamos do apoio do Governo Federal, principalmente porque esta situação está relacionada a relações diplomáticas. O SUS é um direito de todas as pessoas que estão no território brasileiro, inclusive dos imigrantes. É um dever nosso oferecer assistência. Os venezuelanos se encontram em situação de extrema vulnerabilidade, muitos estão morando nas ruas e sem alimentação adequada, o que aumenta a exposição a doenças”.

Januário destacou que apesar do surto no estado, o número de casos está diminuindo. “O ápice da doença aconteceu entre agosto e outubro do ano passado. Intensificamos as ações de saúde, bloqueios vacinais, e todas as unidades se transformaram em postos de vacinação”.

 

As notificações de casos de sarampo seguem em declínio no Amazonas. De acordo com a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), houve uma redução de 83,6% nos últimos meses. Os dados constam na 36ª edição do Boletim Epidemiológico do Surto de Sarampo

O Boletim Epidemiológico do Surto de Sarampo, da Fundação de Vigilância em Saúde no Amazonas, divulgado na semana passada, mostra a capital Manaus com o maior número de casos notificados (78,7%). Também de acordo com a publicação, foram aplicadas 56.962 doses da vacina Tríplice Viral, com atualização das informações no período de 16/07 a 30/11/18. O alto número de casos confirmados é resultado de uma força-tarefa realizada no final de 2018 em Manaus/AM. Mais de sete mil casos que estavam em investigação foram concluídos.

Confira o Boletim Epidemiológico na íntegra

Saúde na fronteira: Webdoc Brasil, aqui tem SUS

Em abril de 2018, o Conasems foi até Boa Vista, capital de Roraima, para registrar a situação do SUS no município diante o desafio da imigração de milhares de venezuelanos para a cidade, que se intensificou no último ano. Os refugiados, em situação de extrema vulnerabilidade, estão sendo atendidos pela rede pública.