SMS de Presidente Prudente mantém 50 agentes nas ruas para intensificar plano de combate à dengue - CONASEMS
voltar

Gestão | 04/11/2010

SMS de Presidente Prudente mantém 50 agentes nas ruas para intensificar plano de combate à dengue

contra_dengue_21
contra_dengue_21
Com o objetivo de eliminar desde já possíveis criadouros e reservatórios considerados propícios para o a proliferação da larva do mosquito Aedes Aegypti, de forma a diminuir a incidência de casos de dengue no próximo verão, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica Municipal (VEM), começou a colocar em prática nessa quarta-feira (03/11) o Plano de Intensificação de Combate a Dengue. São cerca de 50 agentes de endemias, fora outros 30 que integram a equipe pólo da Superintendência de Controle de Endemias (Sucen), parceira na empreitada, que vão percorrer pelos próximos 20 dias imóveis residenciais das áreas 5 e 7, onde foram detectada grande quantidade de insetos em fase de desenvolvimento, no último levantamento referente ao Índice de Breteau (IB), concluído no mês passado.

O levantamento apontou IB de 0,94, isto é, abaixo do preconizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) que considera entre 1 e 2 tolerável. Mas nem por isso os trabalhos de prevenção deixaram de ser realizados pela Vigilância Epidemiológica. É que atualmente o maior município da região contabiliza 290 casos de dengue, datados de janeiro até o mês passado. Por conta disso, o trabalho de porta em porta, segundo a educadora de saúde da VEM, Elaine Bertacco, tem fundamental importância, uma vez que visa orientar e alertar a população, sobre os perigos dos recipientes considerados criadouros potenciais, como pneus, garrafas, vasos de planta, calha, ralo, caixas d’água, piscinas e demais recipientes.

“Muitas vezes encontramos amontoados nos quintais, objetos que não têm mais utilidade e que ficam ali, servindo de criadouro, porque simplesmente o morador não tem o cuidado de zelar pela segurança no quintal de casa. Ainda há muita resistência por parte de muitos em se desfazer destes materiais”, fala. “Estamos pedindo encarecidamente para que as pessoas se desfaçam desses objetos, que não os incomodam, mas sim a gente. Inclusive no caso de pneus nós mesmos estamos nos incumbindo de encaminhar pequenas quantidades [até cinco unidades] para o Eco Ponto”, completa.

Os trabalhos de intensificação são feitos simultaneamente nas áreas 5 (cujo índice de infestação larvária foi de 1,7) e 7, onde o IB foi o maior detectado, de 2,06. Dos nove bairros da área 5, que contabiliza 16.737 propriedades, entre imóveis residenciais e terrenos, três deles, sendo o Bosque, a Vila Maristela e o Centro estão recebendo a visita dos agentes desde ontem. “Nesta região, onde durante o levantamento do IB registramos diversas caixas d’água destampadas, estamos protegendo-as com sombrite e vedando-as com arame, embora essa ação já é realizada durante todo o ano em outros locais”, detalha Bertacco, acrescentando que é exatamente nesta área que a equipe pólo da Sucen está dando apoio aos agentes municipais.

Já na área 7, que compreende 18 bairros e contabiliza 8.700 propriedades, todas as localidades serão visitadas. Sendo assim, os agentes visitam casas no Residencial Terceiro Milênio, Jardim Leonor, Residencial Bela Vista, Jardim Cobral, Conjunto Habitacional Augusto de Paula, Jardim Humberto Salvador, Brasil Novo, Parque Watal Ishibashi, Parque Castelo Branco, Parque Jabaquara, Jardim Morada do Sol, Residencial Monte Rey, Vila Operária, Vale das Parreiras, Parque Primavera, Parque Alexandrina, Bairro Novo Oeste e Residencial Francisco Belo Galindo. “Única coisa que pedimos é que durante a visita dos agentes, àqueles moradores que têm cachorro em casa que os prendam, até mesmo para facilitar o nosso trabalho”, encerra.

Vale lembrar que a elaboração do plano de intensificação das ações de controle da dengue é uma continuidade do que havia iniciado a VEM após a participação de profissionais na Oficina Macrorregional da Dengue, realizada no início de agosto deste ano em Cedral, região de São José do Rio Preto.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Presidente Prudente

Compartilhar