Seminário discutiu os caminhos e ações da Ouvidoria do SUS e da Atenção Básica em Porto Seguro (BA) - CONASEMS
voltar

Gestão | 08/12/2010

Seminário discutiu os caminhos e ações da Ouvidoria do SUS e da Atenção Básica em Porto Seguro (BA)

diretor de Ouvidoria Geral do Ministério da Saúde Adalberto Fulgêncio falando aos profissionais de Saúde
diretor de Ouvidoria Geral do Ministério da Saúde Adalberto Fulgêncio falando aos profissionais de SaúdeFoi realizado na segunda-feira, 6, I Seminário Integrado de Ouvidoria e Atenção Básica: Construindo Espaços de Cidadania. O evento foi uma iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde de Porto Seguro, por meio da Ouvidoria e Atenção Básica, do Colegiado de Gestão Microrregional (CGmr) e do Núcleo de Educação Permanente em Saúde Microrregional. O público-alvo foram gestores e trabalhadores da saúde pública, ouvidores de saúde e conselheiros/usuários.

As crianças do Projeto Musicarte emocionaram o público na abertura do seminário, com apresentação de música popular brasileira e execução do Hino Nacional. Em seguida, o então secretário de Saúde Messias Boaventura falou da Ouvidoria como meio de contato direto com o usuário do Sistema Único de Saúde (SUS) e da necessidade de buscar constantes melhorias na Atenção Básica.

Para falar sobre o tema: Ouvidoria como canal de comunicação entre gestão e controle social, foi convidado o diretor de Ouvidoria Geral do Ministério da Saúde, Adalberto Fulgêncio, que citou o termo equilibração para explicar o papel da ação coordenada de ouvidoria, gestão de saúde e conselhos municipais. Sem a cumplicidade do outro, não se constrói cidadania. Dentro das diferenças é que se gera algo novo. Ouvidoria é o saber não convencional de rua, das esquinas, dos becos, se entrecruzando com a racionalidade técnico-científica, afirmou. Na sequência, a consultora da Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa, do Departamento de Ouvidoria Geral do SUS/Ministério da Saúde, Renata Lustoza, palestrou sobre a implantação do Sistema Nacional de Ouvidoria, para fins de melhoria na gestão das informações que chegam pelo setor. A Ouvidoria fortalece o controle social, que é um instrumento democrático para participação dos cidadãos na criação de metas para alcance de políticas públicas, destacou.

O tema Implantação das Linhas de Cuidado na Atenção Básica na perspectiva da ampliação do acesso aos usuários do SUS foi abordado pela apoiadora institucional da Diretoria de Atenção Básica da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB), Nilma Santos. Ela discorreu sobre o assunto no âmbito da microrregião, com foco na qualificação da Atenção Básica e construção de rede regionalizada de Educação Permanente em Saúde, pelo Núcleo de Educação Permanente, do qual é sede o município de Porto Seguro.

Ao final do evento, os participantes puderam assistir a relatos de experiência dentro do SUS e participar de uma mesa redonda com temas ligados à organização do processo de trabalho para qualificação do cuidado na Atenção Básica.

O seminário se realizou no auditório da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e também registrou a presença de representantes da 8ª Dires e de gestores municipais.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Porto Seguro (BA)  

Compartilhar