Secretária de Saúde de Goiás promove Seminário Estadual de Gestão Estratégica e Participativa - CONASEMS
voltar

Gestão | 22/11/2010

Secretária de Saúde de Goiás promove Seminário Estadual de Gestão Estratégica e Participativa

A Secretaria da Saúde do Estado de Goiás (SES-GO) realiza na próxima terça-feira, 23, a partir das 8h no Centro Pastoral Dom Fernando, Av. Anápolis, nº 2.020, Jardim das Aroeiras em Goiânia, o Seminário Estadual de Gestão Estratégica e Participativa. O objetivo do evento é expor como a integração do trabalho dos gestores e trabalhadores da Saúde e representantes dos Conselhos de Saúde pode fortalecer a democracia, refletindo na melhoria dos serviços oferecido à população. São previstos 600 participantes.

A expectativa é de que o debate e o momento reservado para a reflexão sobre as práticas que integram a Política Nacional de Gestão Estratégica e Participativa do SUS (Participasus) sirvam para oferecer alternativas à implantação em Goiás de forma sistêmica e total de serviços que estimulam a participação popular, como: ouvidoria, auditoria, monitoramento e avaliação, e fortalecimento do controle social.

Para dar início ao evento será realizado um painel com o tema “A Política de Gestão Estratégica e Participativa no SUS – Avanços e Desafios para Implantação em Goiás”. O secretário de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde, Antônio Alves de Souza, abordará as metas que cada município deve ter para promover integração entre gestores e conselheiros. Em seguida, os participantes serão divididos em grupos para discutir e pactuar uma agenda de compromissos, que deverá ser apresentado no final do dia de trabalho. Além disso, o público irá receber relatório de gestão com o panorama dos serviços existentes em Goiás.

Participasus – A Política Participasus fica sob a responsabilidade da Secretaria da Gestão Participativa (Sgep), do Ministério da Saúde, criada em 2003, pelo Decreto nº 4.726, de 9 de junho. Após reformulação, em 2007, passa a englobar ações de auditoria do SUS, bem como de monitoramento e avaliação da gestão do Sistema. Tem como principal missão o implementar a gestão e o controle social para fortalecer o SUS.

A Sgep é composta por quatro departamentos que se complementam e fazem dela “os órgãos dos sentidos” do povo no SUS, como se fossem o tato, olfato, audição e visão. Cabe à Secretaria reafirmar os princípios doutrinários e organizativos da Reforma Sanitária do Sistema Único de Saúde (universalidade, integralidade, equidade, participação da comunidade, descentralização, hierarquização, regionalização e comando único em cada esfera de governo), apoiar os mecanismos constituídos de participação popular e controle social, especialmente os Conselhos e as Conferências de Saúde, ouvindo, analisando e encaminhando as demandas provenientes dos usuários, além de auditar as contas do SUS e avaliar os resultados das políticas.

Outras informações: www.saude.go.gov.br 

Compartilhar