Rorainópolis - Na saúde prioridade em 2010 foi amenizar os agravos em vários programas - CONASEMS
voltar

Gestão | 10/01/2011

Rorainópolis – Na saúde prioridade em 2010 foi amenizar os agravos em vários programas

fumae-1
fumae-1Em 2010 no setor da saúde a Prefeitura de Rorainópolis destaca o implemento dos programas de saúde do adolescente e da crianças, saúde do idoso e da mulher, atendimento médico e odontológico, hanseníase, tuberculose e hipertensão.

Foi feita em 2010 a implantação de uma equipe do PSF na região do Baixo Rio Branco; odontólogos a disposição em Equador e Jundiá e equipes já trabalhando o projeto para implantação de gabinetes odontológicos em Jundiá e Equador para atender somente a população de lá. “As dificuldades que tivemos na área da saúde em 2010, assim com o todas as áreas, foi a falta de recursos, mas mesmo apenas com os recursos que existem nós buscamos amenizar o impacto de vários doenças sobre a população, como buscar reduzir os índices da dengue, os de malária e outras comuns em áreas de mata.

Todos impactos provocados pelas constantes mudanças climáticas e pela quantidade de trabalhadores de madeireiras na mata afetados por exemplo pela hanseníase. Apesar do recesso financeiro as equipes de saúde não deixaram de trabalhar e se empenharam em dar o máximo possível para atender as demandas dos programas”, ressaltou o secretário de saúde de Rorainópolis, Raimundo Carlos de Souza.

Educação – O ex-secretário de saúde de Rorainópolis relembrou que a parte educativa e de orientação aos moradores com relação à saúde preventiva foi intensificada na sede do município e Vilas, o que contribuiu para a diminuição dos casos de malária e dengue. “A gente sempre procura trabalhar a parte educativa porque as pessoas precisam ser conscientizadas sobre o fato de que prevenir ainda é o melhor
remédio contra muitos tipos de doenças”, disse Raimundo.

Mudanças – A Secretaria Municipal de Saúde de Rorainópolis, inciou o ano de 2011 com mudanças em seu comando. Raimundo Carlos de Souza deixou a pasta, a pedido próprio, e em seu lugar assumiu Antonio de
Castro e Silva Neto (Antonio da Sucam ).
O ex-secretário Raimundo Carlos, afirma que entregou a pasta com programas já encaminhados, como por exemplo o programa da malária sendo que Rorainópolis foi um dos beneficiados com incentivos para as
equipes que atuam na área de endemias. Com relação a medicamentos, foi feita uma pactuação entre o município e o Estado, que desde o ano passado contribuiu com uma ajuda de parte do medicamento da farmácia
básica.
“A saúde é sempre um desafio. Bastante trabalho sempre vai existir, pois sempre aparece uma situação nova, um tipo de doença nova, entre outros. Acredito que o novo gestor da pasta, que já é uma pessoa experiente vai saber lhe dar com este novo desafio”, disse Raimundo.

Assessoria de Comunicação da  Secretaria Municipal de Saúde de Rorainópolis

Compartilhar