Programa de Internação Domiciliar de Barra Mansa (RJ) leva atendimento à pacientes acamados - CONASEMS
voltar

Gestão | 05/01/2011

Programa de Internação Domiciliar de Barra Mansa (RJ) leva atendimento à pacientes acamados

05.101.11.Internao_domiciliar-PID-_Paulo_Dimas_1
05.101.11.Internao_domiciliar-PID-_Paulo_Dimas_1Desde que implantado, em outubro do ano passado, por meio de uma parceria entre a Secretaria de Saúde e o Ministério da Saúde, o Programa de Internação Domiciliar (PID) já prestou atendimentos a cerca de 50 pacientes acamados do município, encaminhados por meio do Programa de Saúde da Família (PSF) e Unidades Básicas de Saúde (UBS). O programa tem por finalidade garantir apoio e acompanhamento aos pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) que não tenham condições de se locomover, além de desospitalizar, em um período menor, pessoas idosas ou com algum grau de limitação física.

Conforme destaca o prefeito Zé Renato, a implantação do PID foi uma ação da política adotada na área de Saúde do município, que visa garantir a humanização no atendimento aos pacientes que necessitam da saúde pública.

– Sabemos que a saúde é um grande desafio para o poder público em âmbito nacional, e, para nós, é uma grande satisfação poder contar com um serviço como o PID, que tem levado às pessoas acamadas, além do atendimento clínico, o apoio e o carinho dos profissionais que compõem a equipe do programa. Desde que o implantamos, em outubro, o PID vem atendendo os pacientes com condições de alta do hospital, dando continuidade ao tratamento na casa dessas pessoas – comentou o prefeito, ao informar que, além do Ministério da Saúde, o programa também conta com recursos do município.

De acordo com o médico responsável pelo PID, Frederico Grimam, os pacientes têm assistência de uma equipe composta por um médico, um enfermeiro, um fisioterapeuta e um técnico de enfermagem, cuja capacidade operacional de atendimento, mensal é de aproximadamente 80 visitações, em casos de baixa e média complexidade. Além dos encaminhados pelas UBS e PSFs, o PID também passará a atender pacientes da Santa Casa, cujos cadastramentos já estão sendo realizados.

– Podemos afirmar, com certeza, que o programa está ‘decolando’. O PID está contribuindo muito com a Saúde em Barra Mansa porque, além de tirar o paciente com condição de alta do hospital, também leva uma equipe de profissionais para a casa do doente, oferecendo mais segurança para essa pessoa e seus familiares no processo de recuperação. A maioria dos pacientes são idosos, com doenças crônicas, e o nosso objetivo é chegar até suas casas e facilitar para suas famílias a forma de lidar com os doentes e as suas condições, de acordo com a necessidade de cada caso – explicou o médico, ao acrescentar que a equipe tem sido muito bem acolhida pela população.

Pela primeira vez recebendo a equipe do PID em sua casa, no bairro Vila Ursulino, o aposentado Felisberto Cândido de Almeida, de 62 anos, tem a mãe, Maria Aparecida de Almeida, de 82 anos, acamada e falou sobre a importância do programa para a paciente.

– Achei ótima a visita da equipe para minha mãe, que é portadora de Alzheimer e Parkinson. O mais importante é que eles acabam nos repassando informações importantes e nos orientando com relação ao cuidados necessários com a doença. Aqui na minha casa cuidamos da minha mãe, eu, minha esposa, minha filha e minha irmã, e, às vezes, ficamos sem saber o que fazer. Agora, com o apoio dessa equipe, acredito que vamos ficar mais informados e saber como agir em situações diferentes – comentou o aposentado, ao ressaltar que dona Maria Aparecida já está acamada há cerca de cinco anos.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Barra Mansa (RJ)

Compartilhar