Primeiro lote de exames de leishmaniose deste ano apresenta resultados negativos em Prudente (SP) - CONASEMS
voltar

Gestão | 10/01/2011

Primeiro lote de exames de leishmaniose deste ano apresenta resultados negativos em Prudente (SP)

Leishmaniose7
Leishmaniose7A diretoria do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Presidente Prudente anuncia na tarde desta segunda-feira o primeiro lote deste ano de 2011 sobre exames em amostras de sangue de 49 cães, todas com resultados negativos em relação à contaminação pela Leishmaniose Visceral Americana. O diretor Célio Nereu Soares, que é médico veterinário, diz que as coletas foram feitas no final do ano passado e os exames realizados pelo Instituto Adolpho Lutz.

Num trabalho permanente para que a doença não se alastre e possa inclusive contaminar humanos, o CCZ – que é órgão da Secretaria Municipal de Saúde – promoveu no decorrer do ano passado 1.189 exames e na somatória dos dois últimos anos (2009 e 2010) foram contatados 14 casos positivos, dos quais seis autóctones, ou seja da contaminação do animal no próprio município. O último caso positivo anunciado foi em 21 de dezembro do ano passado.

Agentes de saúde percorrem os bairros da cidade e coletam sangue dos cães nas imediações de onde foi encontrado o animal contaminado. Também orientam moradores para que mantenham quintais limpos e eliminem criadouros do Mosquito Palha que ocorrem nos locais com materiais em decomposição. O mosquito é o transmissor da doença que também pode atingir humanos e provocar morte.

São cerca de 40 mil cães na cidade e no decorrer de 2010 ocorreram cerca de 5 mil atendimentos como parte das ações preventivas.  Sem novo caso neste começo de 2011 é mantido o índice de 0,03%, o que é considerado satisfatório para um município do porte de Presidente Prudente.


Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Presidente Prudente 

Compartilhar