Ouvidoria SUS/Alagoas ajuda usuários no acesso a assistência - CONASEMS
voltar

Gestão | 19/01/2011

Ouvidoria SUS/Alagoas ajuda usuários no acesso a assistência

000_Imagem_231
000_Imagem_231O Relatório Semestral da Ouvidoria SUS/Alagoas, referente ao período de abril a setembro de 2010, foi apresentado esta semana ao secretário de Estado da Saúde, Alexandre Toledo e a superintendente de Gestão e Participação Social, Sylvana Medeiros. De acordo com o documento, foram registradas 144 demandas, sendo que a maioria (40), diz respeito à gestão; assistência à saúde (30) e assistência farmacêutica (23). Do total de demandas, 107 foram solucionadas, representando 74% dos casos. Por meio do número 0800-2841945, que funciona a partir uma simples ligação de um celular ou telefone fixo, o usuário poderá pedir auxílio ou reclamar seus direitos.

Segundo a coordenadora da Ouvidoria SUS-Alagoas, Janailma Azevedo, o serviço foi instituído oficialmente pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), em maio de 2010, para atuar como um canal de comunicação entre o cidadão e o gestor de Saúde. “A Ouvidoria é um espaço de fortalecimento da democracia participativa, que possibilita ao gestor aferir os serviços de saúde. Enfim, é um espaço estratégico para a melhoria da gestão”, destacou.

De acordo com a coordenadora, a Ouvidoria SUS-Alagoas é vinculada à superintendência de Gestão e Participação Social da Sesau, e atua interligada com as ouvidorias do Hospital Geral do Estado (HGE), Hemoal e SAMU. “Brevemente, o serviço também será criado na Unidade de Emergência do Agreste, passando a integrar a rede”, revelou Janailma.

“A Ouvidoria é uma ferramenta indispensável para ouvir o nosso usuário sobre o funcionamento dos serviços ofertados pelo Sistema Único de Saúde em Alagoas. São reclamações que ajudam a corrigir possíveis distorções existentes em nossas unidades, e que muitas vezes, o gestor não tem conhecimento” comentou, Alexandre Toledo.

As pessoas podem fazer queixas, reclamações, elogios e denúncias pelo telefone 0800-2841945, diretamente na sede dá Ouvidoria, que fica na Avenida da Paz, 1002 – Jaraguá; através do e-mail ouvidoriasus@saude.al.gov.br ou por carta. A demanda recebida é encaminhada ao setor competente para análise e providências. Cabe à Ouvidoria fazer o acompanhamento para cobrar resolução e responder ao usuário. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17hs.

Ainda de acordo com o Relatório, das 144 demandas, 74 foram respondidas em tempo hábil, 33 tiveram resposta fora do tempo e 37 não foram respondidas. A maioria compreende denúncias, seguidas de reclamações e solicitações. Entre os municípios, Maceió lidera o número de demandas.


Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde de Alagoas 

Compartilhar