Número de estabelecimentos de saúde em atividade no país sobe 22,2% em quatro anos - CONASEMS
voltar

Gestão | 19/11/2010

Número de estabelecimentos de saúde em atividade no país sobe 22,2% em quatro anos

DO RIO

O número de estabelecimentos de saúde em atividade no Brasil passou de 77.004 em 2005 para 94.070 em 2009. Os números, divulgados nesta sexta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), revelam um crescimento de 22,2% no período, ou 5,1% ao ano. A pesquisa não incluiu consultórios particulares com menos de três profissionais de saúde e um funcionário próprio.

Acompanhe a Folha no Twitter Conheça a página da Folha no Facebook

Do total de estabelecimentos existentes em 2009, cerca de 52 mil (55,3%) eram públicos, contra 42 mil (44,7%) privados. Desses, porém, 27,1% prestavam algum tipo de serviço ao SUS (Sistema Único de Saúde). O percentual é menor do que o verificado em 2005, quando o total de conveniados ao sistema chegava a 30,6%.

Entre os diferentes tipos de estabelecimento de saúde, os que mais cresceram no período foram os que atuam exclusivamente no apoio à diagnose e à terapia, como aqueles que realizam exames de imagem e quimioterapia. Em 2009, eles já representavam 20,5% do total, sendo que a esmagadora maioria (90,8%) era do setor privado.

As unidades sem internação também registraram expansão no período, de 22,7%. Em 2009, elas representavam 72,2% do total. Já as unidades com internação tiveram queda de 3,9%.

O levantamento também revelou que a maioria dos estabelecimentos de saúde do país não está preparada para receber pessoas com deficiências físicas. No total, apenas 15.687 unidades (16,6% do total) informaram dispor de rampa de acesso, interior adequado para locomoção e banheiro adaptado.

Compartilhar