Mutirão contra a dengue mobiliza Palmeira (AL) - CONASEMS
voltar

Gestão | 19/01/2011

Mutirão contra a dengue mobiliza Palmeira (AL)

DENGUE_EM_PALMEIRA_049
DENGUE_EM_PALMEIRA_049Palmeira dos Índios é um dos municípios estratégicos no Plano de Combate à dengue em Alagoas realizado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Nesta terça-feira (18), o município foi palco de mais uma ação integrada entre Estado e Prefeitura realizada  no bairro Palmeira de Fora, reunindo agentes municipais de saúde, endemias, secretários municipais, o promotor de Justiça, Rogério Paranhos, prefeito, James Ribeiro, secretária municipal de Saúde, Alexandra Ludugero e a superintendente estadual de Vigilância, Sandra Canuto. A vice-prefeita, Verônica Medeiros e os vereadores Geraldo Alencar, Jaime Farias e França Junior também participaram dessa ação.

Com farto material educativo, munidos de carros fumacê e caminhões para o recolhimento de entulhos, a comitiva saiu da Praça Pedro Suruagy e percorreu todas as residências da comunidade. O trabalho foi centrado no combate aos focos do mosquito Aedes Aegypti e também na orientação da população sobre as medidas que devem ser adotadas para prevenir à dengue.

Durante a ação, foi entregue material educativo e aplicado o inseticida nas caixas de água, nas plantas aquáticas e pneus, garrafas e vasilhames de plástico e alumínio que foram encontrados nas residências e nos logradouros públicos. Os trabalhos contaram também com o apoio das instituições integrantes do Comitê Municipal de Combate à Dengue, formado pela Polícia Militar de Alagoas (PM/AL), Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBM/AL), igrejas evangélicas e católica, além das escolas públicas e privadas.

Os trabalhos também foram acompanhados pelo promotor de Justiça de Palmeira dos Índios, Rogério Paranhos, que destacou o trabalho integrado entre a Sesau e a Secretaria Municipal de Saúde de Palmeira dos Índios.  “Essa iniciativa contribui muito para alertar à população sobre os cuidados para evitar a dengue, porque são ações simples e que devem ser realizadas sempre”, ressaltou o integrante do Ministério Público de Alagoas (MP/AL).

“Estamos coordenando ações que visam intensificar o enfrentamento ao mosquito transmissor da dengue, mas vale lembrar que a população deve participar efetivamente dessa mobilização. É como se cada um assumisse ou incorporasse o papel de um agente de endemia em sua casa e juntos proteger nossas famílias dessa doença que pode, inclusive, matar”, alerta James Ribeiro.

Já a titular da pasta da saúde municipal, Alexandra Ludugero, agradeceu a população pela receptividade das ações promovidas pela SMS e a Sesau, evidenciando que o apoio e o engajamento da sociedade civil organizada são  importantes para evitar a proliferação do Aedes Aegypti em Palmeira. “Esse momento é importante, pois vivenciamos uma epidemia no ano passado e não queremos registrar um número recorde de casos em 2011, nem a ocorrência de óbitos decorrentes da dengue”, comentou.

Expectativa que se depender da dona de casa, Joelma Freitas, irá ser confirmada ao longo deste ano. “Depois de registrarmos muitos casos de dengue em nosso município, temos que ficar ainda mais vigilantes para evitar que o aumento de casos da doença. A solução é cada morador fazer o seu dever de casa, como tenho feito e meus vizinhos também”, assegurou, após receber em sua residência uma equipe de agente de endemias.

Plano de Combate à Dengue

Também presente ao mutirão, a superintende estadual de Vigilância em Saúde, Sandra Canuto, destacou que Palmeira dos Índios tem sido um exemplo a ser seguido pelos demais municípios quando o assunto é combate à dengue. “Tanto que o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Toledo, irá levar as ações palmeirenses para serem apresentadas em Brasília nesta quarta-feira, quando o titular da pasta entregará ao ministro da saúde, Alexandre Padilha, o Plano de Combate à Dengue em Alagoas”, revelou.

Ainda de acordo com ela, o Governo Federal deverá liberar R$ 1,8 bilhão para ser investido em campanhas, capacitação de profissionais e outras ações, principalmente nos locais em que corre risco de ter uma epidemia. Na quinta-feira (20), a Sesau reúne o Comitê Estadual de Dengue para discutir estratégias de campanha, que serão realizadas nos municípios alagoanos, com a participação de toda sociedade.


Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde de Alagoas 

Compartilhar