Ministro da Saúde visita Tocantins e discute combate à dengue - CONASEMS
voltar

Gestão | 21/01/2011

Ministro da Saúde visita Tocantins e discute combate à dengue

images_5
images_5O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, estará, nesta sexta-feira, 21, em Palmas, onde acompanhará a reunião das ações de combate à dengue. A reunião terá a participação do governador José Wilson Siqueira Campos e do secretário interino de Estado da Saúde, Arnaldo Nunes. O evento acontece no auditório do Palácio Araguaia, a partir das 14h30 e será aberto por uma apresentação técnica feita pelo coordenador geral do Programa Nacional de Controle da Dengue, Giovanini Coelho. Às 16h será concedida entrevista coletiva sobre o evento. A reunião será realizada com a presença dos 25 municípios prioritários para o combate à dengue no Estado e faz parte do Plano Nacional de Controle da Dengue.

O Tocantins foi classificado pelo Ministério da Saúde como um dos 16 Estados que correm risco muito alto de epidemia de dengue em 2011. Na visita ao Tocantins, o ministro Padilha receberá do governador José Wilson Siqueira Campos a cópia do Plano Estadual de Prevenção e Controle de Epidemias de Dengue (Contingência). Plano este, encaminhado ao Ministério da Saúde em novembro de 2009. A Sesau possui e aplica o Plano desde 2003. Periodicamente faz sua revisão e por conta de sua execução em 2010 foi possível reduzir em 25% o número de criadouros em todo o Estado.

Na última quarta-feira, 19, o secretário interino, Arnaldo Nunes, esteve em Brasília no encontro que reuniu os titulares da Saúde dos Estados classificados com risco muito alto de epidemia da doença. O encontro teve o objetivo de reforçar as ações de controle da doença e de preparação da rede de saúde para atendimento aos pacientes, nos estados e municípios. No encontro foi anunciado que as formas graves da doença e os óbitos suspeitos por dengue terão de ser informados ao Ministério da Saúde dentro de 24 horas. Uma portaria regulamentando a notificação deverá ser publicada nos próximos dias.

O Tocantins é o Estado piloto, no Brasil, que utiliza o sistema de monitoramento online de casos de dengue e deverá ser lançado nacionalmente nas próximas semanas. A Sesau – Secretaria de Estado da Saúde registrou em 2010 a notificação de 17.041 casos suspeitos de dengue, 08 óbitos e 32 casos de dengue grave (FHD – Febre Hemorrágica de Dengue).

Já em 2011, até o momento, foram registrados 182 casos suspeitos, destes 01 caso de dengue grave (FHD), em Araguaína, e nenhum óbito. Municípios prioritários O Ministério da Saúde considera apenas 10 municípios do Tocantins prioritários no combate à dengue. A Sesau, porém, identificou 25 municípios do Tocantins com prioridade no combate à doença. São eles: Araguaína, Araguatins, Colinas do Tocantins, Guaraí, Gurupi, Miracema do Tocantins, Palmas, Paraíso do Tocantins, Porto Nacional, Tocantinópolis, Alvorada, Ananás, Araguaçu, Augustinópolis, Axixá do Tocantins, Colméia, Dianópolis, Formoso do Araguaia, Miranorte, Natividade, Pedro Afonso, Peixe, Taguatinga, Wanderlândia e Xambioá.


Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde de Tocantins

Compartilhar