Ministro da Saúde e prefeito de Palmas assinam ordem de serviço para construção de novas USF - CONASEMS
voltar

Gestão | 21/01/2011

Ministro da Saúde e prefeito de Palmas assinam ordem de serviço para construção de novas USF

20_1_2011_13_8_54.368x278
20_1_2011_13_8_54.368x278O Ministério da Saúde e a Prefeitura de Palmas, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (Semus), assinam ordem de serviço para a construção imediata de sedes próprias de três Unidade de Saúde da Família, (USF), nesta sexta-feira, dia 21, às 17 horas, na quadra 405 Norte, avenida NS-05, atrás do supermercado Quarteto Norte, em frente ao CEMEI Pequeno Príncipe.

O ato público contará com a presença do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, do prefeito Raul Filho e do secretário Municipal da Saúde, Samuel Bonilha. Na oportunidade, o ministro fará o anúncio da autorização para construção de mais 13 Unidades Básicas de Saúde, da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte e da Reforma do Centro de Especialidades Odontológicas – CEO – que deverão ser edificadas até o final do próximo ano.

“Estamos inaugurando uma nova era na Saúde da Capital e proporcionando espaços melhores, mais amplos e bem equipados, para um atendimento de saúde mais humanizado, confortável e funcional à população de Palmas ” – declara o prefeito.

Estrutura e cidadania

De acordo com Samuel Bonilha, as novas sedes, das USF das quadras 405 Norte, 806 Sul e Lago Sul serão construídas num prazo de 180 dias – “Depois de muito trabalho, conseguimos junto ao Ministério da Saúde (MS), a aprovação desses projetos que vão abolir a figura dos antigos postinhos e edificar legítimas unidades de saúde, contemplando todos os ambientes necessários para possibilitar um atendimento de qualidade aos pacientes, como também uma estrutura de qualidade aos profissionais e funcionários”, assegura o secretário.

Biossegurança

Segundo Adriana Victor Ferreira Lopes, diretora de Atenção à Saúde, as novas sedes representam a solução do maior gargalo da Saúde de Palmas. “Estruturas físicas adequadas são a maior deficiência da nossa rede. Com a nova realidade, vamos oferecer todos os procedimentos básicos de saúde para os pacientes, dentro das normas de biossegurança e fluxos de trabalho”, explica a diretora.

Em cada sede, de acordo com Adriana Victor, haverá três equipes do Programa de Saúde da Família para os serviços de consultas médicas, enfermagem, tratamento odontológico, fisioterapia, procedimentos de curativos, retirada de pontos, preventivo de câncer do colo de útero, nebulização, pré-natal, programas de saúde do homem, da criança, do adolescente, do idoso, dos hipertensos e dos diabéticos, entre outros.

Abrangência

As novas três USF serão construídas com recursos do MS, com contrapartida da Prefeitura de Palmas e vão beneficiar 39.508 usuários cadastrados do Sistema Único de Saúde (SUS), abrangendo os moradores de 14 quadras.


Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Palmas (TO) 

Compartilhar