Ministério da Saúde anuncia a inclusão de crianças de 5 a 11 anos no Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19 - CONASEMS
voltar

Coronavírus | 05/01/2022

Ministério da Saúde anuncia a inclusão de crianças de 5 a 11 anos no Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19

O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (5) a inclusão de crianças de 5 a 11 anos no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19.  A recomendação é que a vacinação de crianças seja realizada por faixa etária decrescente, com prioridade para crianças com comorbidades ou deficiências permanentes. A imunização desse público não será obrigatória e só precisará da autorização dos responsáveis se não estiverem presentes durante a vacinação. A vacinação será realizada com o imunizante da Pfizer (Comirnaty), com dosagem especifica para crianças, autorizado para aplicação no público infantil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com o intervalo de 8 semanas entre a primeira e a segunda dose.

De acordo com o Ministro da Saúde, a pasta já encomendou mais de 20 milhões de doses das vacinas pediátricas da Pfizer com previsão de entrega para o primeiro trimestre deste ano. As primeiras entregas aos municípios, que somam 3,7 milhões de doses de vacinas, devem acontecer em três partes, em 14 de janeiro, 21 de janeiro e 28 de janeiro de 2022.

A posição foi formalizada após o fim do prazo da consulta pública aberta para tratar da questão e da audiência pública, que aconteceu nesta terça-feira (4), no intuito de promover um debate sobre a vacinação contra a Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos, tendo em vista a autorização por parte da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), em 16/12/2021, da utilização da vacina Comirnaty (Pfizer/Wyeth) nesta faixa etária da população.

Confira o anúncio na íntegra:

 

Compartilhar