voltar

Gestão | 19/02/2019

Não agendamento de exames para pacientes que não utilizam as “portas de entrada” do SUS, cujas indicações são realizadas por profissionais da rede privada

As “portas de entrada” são de suma importância para a organização e planejamento dos gestores públicos de saúde, havendo correlação e dependência entre as diversas demandas de atenção à saúde que ingressam de forma eletiva no SUS e os diversos serviços complementares necessários, dentre os quais se encontram os exames auxiliares aos diagnósticos e tratamento.

Confira a nota na íntegra.