Inscrições abertas: Chamada do Instituto Votorantim e BNDES seleciona municípios para o programa Apoio à Gestão Pública – Saúde 2021 - CONASEMS
voltar

Gestão | 29/06/2021

Inscrições abertas: Chamada do Instituto Votorantim e BNDES seleciona municípios para o programa Apoio à Gestão Pública – Saúde 2021

O Instituto Votorantim, em parceria com o BNDES, está lançando hoje (29), uma chamada para selecionar até 40 municípios de até 350 mil habitantes, que receberão gratuitamente apoio para enfrentar a pandemia e também para  aprimorar sua oferta de assistência integral à saúde. O programa, que atualmente já atende 33 cidades brasileiras, poderá ampliar sua atuação para mais de 70 cidades, a partir da seleção via chamada pública.

As cidades interessadas têm prazo até 9 de julho para se inscrever, a partir do site http://www.institutovotorantim.org.br/municipioscontraocorona/. A divulgação dos municípios selecionados será realizada em 21 de julho e o programa terá início em agosto. Serão priorizados municípios com maior  população  dependente do Sistema Único de Saúde (SUS) e que ofereçam maior cobertura da Atenção Básica à saúde. As cidades selecionadas na chamada receberão até o final do ano, mentorias online com especialistas em saúde e gestão, além de outras ferramentas de apoio.

Ao participar do AGP Saúde, as administrações municipais e suas equipes técnicas de saúde podem avaliar suas estratégias e, com a iniciativa, aprimorar processos, práticas e níveis de gestão.

O primeiro passo do programa é a aplicação de um diagnóstico rápido da atuação do município na área da saúde, com ênfase para atenção primária e vigilância epidemiológica. A partir disso, o município define o que é mais urgente e prioritário, assim como metas e objetivos. A cidade deve montar uma equipe multidisciplinar para participar da mentoria online. Esse time é responsável, com as orientações dos consultores do programa, por implementar os planos de ação definidos e por acompanhar a evolução prática das iniciativas. Ao final do período de mentoria, o diagnóstico inicial é reaplicado para identificar se o município conseguiu cumprir suas metas e se avançou nas competências de gestão priorizadas.

Dentro dos eixos de enfrentamento à Covid-19 e de assistência integral à saúde, o AGP Saúde tem seis temáticas prioritárias:

-Fluxo de dados Epidemiológicos: Monitoramento da Covid-19 e comunicação dos dados municipais para medidas preventivas efetivas.

-Rastreamento de Contatos: Estratégias para testagem e acompanhamento do contágio, para evitar a transmissão comunitária.

-Vacinação: Apoio ao plano municipal de vacinação, monitoramento de insumos e da cobertura de vacinação e vacinados.

-Comunicação de Risco: Estratégias para que a população tenha acesso contínuo a informações corretas e atualizadas.

-Cobertura da Atenção Primária: Mapeamento da cobertura e estratégia para expansão da Atenção Básica no território, com identificação de áreas de vazios sanitários e vulnerabilidades.

-Previne Brasil (iniciativa de repasse de recursos do Ministério da Saúde): Apoio no monitoramento e reporte de indicadores que garantam o repasse de recursos.

 

Serviço – Programa de Apoio à Gestão Pública em Saúde (AGP Saúde)

Quem pode participar: municípios de todo o país que tenham até 350 mil habitantes
Onde realizar a inscrição e mais informações: http://www.institutovotorantim.org.br/municipioscontraocorona/chamada-de-municipios/
Prazo de inscrição: de 29 de junho a 9 de julho
Divulgação dos municípios selecionados: 21 de julho

 

Compartilhar