voltar

Gestão | 17/10/2019

Encontro da Rede Colaborativa debate Atenção Básica e Regionalização

Entre os dias 15 e 17 de outubro, os apoiadores e coordenadores de apoio da Rede Colaborativa para Fortalecimento da Gestão Municipal do SUS se reúnem em São Paulo para o segundo encontro presencial do grupo neste ano. Com foco nas discussões sobre Atenção Básica e Regionalização, o evento reuniu cerca de 250 participantes de todos os estados do país. 

A coordenadora do projeto pelo Hospital Alemão Oswaldo Cruz (Haoc), Regiani Nunes, enfatizou a importância do trabalho de todos os parceiros para que o Projeto da Rede Colaborativa rendesse tantos bons resultados. “Cada instituição contribui com sua expertise para o desenvolvimento cada vez mais unificado e coeso dessa rede. O trabalho que vocês fazem na ponta não é só de extrema importância como muda, para melhor, os serviços que o SUS oferta à população”. O Haoc coordena o projeto em parceria com o Conasems e o Ministério da Saúde, via Programa de Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS). 

O Projeto Apoiador está focado em promover a articulação entre a rede Cosems/Conasems, bem como com os gestores municipais de saúde e instâncias interfederativas, por meio da organização de uma rede de cooperação que implementa a Estratégia Apoiador Cosems no país. O presidente do Conasems, Wilames Freire, ressaltou em sua fala que “o Projeto Apoiador não é mais um projeto do Hospital Alemão Oswaldo Cruz ou do Conasems, mas sim de todo o SUS. Atuar diariamente na qualificação da gestão municipal da saúde pública brasileira é uma maneira inteligente e eficaz de organizar o sistema e estruturar com bases sólidas a oferta dos serviços para os brasileiros”. 

Wilames ainda citou que “nós queremos que o projeto se institucionalize como política de gestão no SUS para que ele deixe de ser um projeto e passe a ser uma obrigação em todo o território nacional. A gente tem o sonho de conseguir mais recursos para expandir tanto em capacidade produtiva como no número de apoiadores trabalhando no país”. 

O diretor do Departamento de Articulação Interfederativa da Secretaria-Executiva do Ministério da Saúde, Allan Garcês, também esteve presente na abertura do encontro e elogiou a iniciativa. “O Ministério da Saúde vê com bons olhos esse movimento porque incentivar as boas práticas municipais é essencial para melhorarmos os serviços de saúde prestados no SUS”. Na ocasião, o diretor comentou sobre o projeto Gestão Itinerante, que levará membros das secretarias e departamentos do Ministério para visitas a todos os estados do país. 

As atividades no primeiro dia de encontro se concentraram no aprimoramento do trabalho dos coordenadores de apoio e, já na quarta e quinta-feira, contaram com mesas e debates sobre fortalecimento da Atenção Básica e importância do processo de Regionalização.

Confira mais fotos:

1º dia do segundo encontro da Rede Colaborativa - Projeto Apoiadores