Dia 31 é o ultimo dia para envio de informações do Programa Bolsa Família - CONASEMS
voltar

Gestão | 08/12/2010

Dia 31 é o ultimo dia para envio de informações do Programa Bolsa Família

images
imagesO Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) chama atenção dos municípios que ainda não enviar as informações referentes à segunda vigência / 2010 do Programa Bolsa Família do Governo Federal. A data limite para o envio é até 31 de dezembro. Até a presente data cerca 800 municípios ainda não haviam alcançado o mínimo de 20% de informação dos dados das condicionalidades de saúde, entre elas, peso, altura, vacinação e pré-natal dos beneficiários, para ter direito de receber os recursos referentes ao Índice de Gestão Descentralizada (IGD).

Os municípios que tiverem dúvida devem procurar a Coordenação de Alimentação e Nutrição das Secretarias Estaduais de Saúde ou a Coordenadoria Geral de Políticas de Alimentação e Nutrição (CGPAN) do Ministério da Saúde.

Bolsa Família: 

O Programa Bolsa Família (PBF) foi instituído pela Lei n.º 10.836, de 9 de janeiro de 2004, e regulamentado pelo Decreto n.º 5.209, de 17 de setembro de 2004. A Portaria Interministerial n.° 2.509, de 18 de novembro de 2004, por sua vez, dispõe sobre as atribuições e normas para a oferta e o monitoramento das ações de saúde relativas ao cumprimento das condicionalidades das famílias beneficiárias do Programa.

O setor saúde tem o compromisso de garantir as ações básicas de saúde consideradas como condicionalidades a serem cumpridas pelas famílias: o pré-natal, o acompanhamento do crescimento e vacinação das crianças menores de 7 anos; por meio da vigilância alimentar e nutricional, das atividades de educação em saúde e nutrição.

O acompanhamento das condicionalidades de saúde das famílias beneficiárias do Bolsa Família deve ser registrado pela saúde duas vezes ao ano. O segundo período de registro iniciou-se em 06 de Agosto e encerra-se no dia  31 de Dezembro. Até o presente momento, em todo o país, 46% das famílias beneficiárias tiveram o seu registro de acompanhamento, realizado pelas equipes de saúde, informados no Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde.

O cumprimento das condicionalidades do setor saúde e educação, de acordo com a Portaria nº 148 publicada em 27 de abril de 2006 garante o repasse de um valor financeiro ao município, este repasse é feito com base no Índice de Gestão Descentralizada (IGD) que serve para medir o desempenho municipal na gestão do Programa.

O município recebe o repasse financeiro caso alcance uma cobertura maior que 20% de acompanhamento e cumprimento das condicionalidades do PBF do setor saúde. O objetivo é estimular as prefeituras a melhorarem a gestão do Bolsa Família, em especial, as atividades de gestão das condicionalidades, cadastramento de novas famílias, atualização dos cadastros atuais e a implementação de programas complementares ao Bolsa Família.

Contato: 

Em caso de dúvidas entre em contato com a Coordenação-Geral de Alimentação e Nutrição/Departamento de Atenção Básica pelos telefones: 3306-8015/8017/8018.

Outras informações no site http://nutricao.saude.gov.br/, ou pelo telefone (61) 3306-8004.

Compartilhar