Municípios que mais se destacaram no Previne Brasil e vacinação contra a Covid-19 são homenageados em Seminário - CONASEMS
voltar

COSEMS - AL | 19/11/2021

Municípios que mais se destacaram no Previne Brasil e vacinação contra a Covid-19 são homenageados em Seminário

O reconhecimento público aos municípios alagoanos que mais se destacaram nos indicadores do Previne Brasil e na campanha de vacinação contra a Covid-19, foi o ponto alto da abertura solene do Seminário Estadual da Atenção Primária à Saúde nessa quinta-feira à noite, no Teatro Sete de Setembro, em Penedo. Discussões sobre a necessidade de fortalecimento do setor seguem hoje até às 18h, ocasião em que será construída a Agenda para o fortalecimento da APS em Alagoas.

O evento é promovido pelo Conselho de Secretarias Municipais de saúde de Alagoas (Cosems/AL) e a Secretaria Municipal de Saúde de Penedo e atraiu mais de 300 gestores e técnico da área de Alagoas e outros Estados.

O ponto alto da solenidade se deu com as premiações dos municípios alagoanos que mais se destacaram nos indicadores do Previne Brasil no segundo quadrimestre de 2021: Coqueiro Seco, Porto de Pedras, Santana do Mundaú, Paulo Jacinto, Teotônio Vilela, Igreja Nova, Jacaré dos Homens, Belém, Canapi e Pariconha.
Os que alcançaram melhores resultados na campanha de vacinação contra a Covid-19, fechando o esquema vacinal, foram Santa Luzia do Norte, Passo de Camaragibe, Santana do Mundaú, Mar Vermelho, Anadia, Igreja Nova, Jacaré dos Homens, Minador do Negrão, Maravilha e Pariconha.

O presidente do Cosems/AL Rodrigo Buarque destacou a satisfação em homenagear os municípios que obtiveram melhor êxito no alcance dos indicadores do Programa Previne Brasil, cujo objetivo é prestar assistência qualificada e contínua a todos os usuários do SUS.

“Além do Previne Brasil, destacamos aqueles municípios que em meio a tantas adversidades advindas da pandemia, conseguiram imunizar a sua população com êxito e tiveram um bom percentual na conclusão do esquema vacinal contra a Covid-19, a exemplo de Pariconha, cuja população é 60% indígena mas atingiu mais de 70% do esquema vacinal completo de sua população”.
O vice-presidente do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) Charles Tocantins destacou a importância de discutir a Política de Atenção Primária e Saúde, que renovou a forma de financiamento, no que diz respeito à captação de recursos por metas de qualidades. “Este evento vai nos dar subsídios para formatarmos propostas para encaminharmos ao Ministério da Saúde”, concluiu

Compartilhar