Cosems/RN destaca ações realizadas nos municípios potiguares em virtude do Setembro Amarelo - CONASEMS
voltar

COSEMS - RN | 20/10/2021

Cosems/RN destaca ações realizadas nos municípios potiguares em virtude do Setembro Amarelo

Os municípios do Rio Grande do Norte desenvolveram importantes ações alusivas ao Setembro Amarelo, campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio. No Brasil, a iniciativa foi criada em 2015 pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina) e ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria), com a proposta de associar a cor amarela ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, celebrado em 10 de setembro.

“Viabilizar ações que destaquem o Setembro Amarelo é de suma importância para os municípios, pois a questão do suicídio é algo muito forte em nossa sociedade atual e que precisa ser melhor trabalhada para que vidas possam ser preservadas”, frisou a presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Norte (Cosems-RN), Maria Eliza Garcia Soares (Doutor Severiano).

Ainda de acordo com a presidente Eliza Garcia, o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Norte é forte apoiador da gestão municipal do SUS e incentiva constantemente que os gestores não só realizem, mas também divulguem suas ações de saúde para que a população dos 167 município do Estado fiquem cientes, cada vez mais, da abrangência e importância do Sistema Único de Saúde (SUS).

DOUTOR SEVERIANO

Durante o mês de setembro psicólogos da rede de apoio de Doutor Severiano realizaram sessões de cinema nas escolas do município. Na oportunidade, foram apresentados curtas metragens que embasaram reflexões sobre ansiedade, depressão, relacionamentos abusivos, sonhos e expectativas. As atividades foram concluídas em luau para jovens, onde foram disponibilizadas atrações como: tenda com dinâmica dos espelhos, caixa da esperança e caixa do desapego.

 

Imagem 1: As dinâmicas realizadas em meio aos jovens proporcionaram o desapego de situações negativas.

NOVA CRUZ

A Estação Saúde foi a grande ação desenvolvida no município de Nova Cruz, dentro da programação do Setembro Amarelo. A ação contou com tendas temáticas, com atendimentos in loco, direcionados à saúde mental. No palco principal, houveram apresentações culturais e palestras com profissionais da área.

Imagem 2 – Além da Estação Saúde, o município de Nova Cruz também realizou, durante o mês de setembro: adesivação, audiência pública e palestras com o intuito de combate ao suicídio.

 

BOA SAÚDE

Os jovens foram o grande público-alvo da campanha Setembro Amarelo no município de Boa Saúde. Na oportunidade, a Gestão Municipal realizou o 1° Encontro de Jovens Boasaudenses, com dinâmicas, palestras e cinema.

Imagem 3 – Palestra realizada durante o 1° Encontro de Jovens Boasaudenses.

 

MACAÍBA

O município de Macaíba, através das equipes da Rede de Atenção Psicossocial e Atenção básica, desenvolveu diversas atividades alusivas ao Setembro Amarelo, não só nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS II e CAPS AD) mas também em outros equipamentos públicos, das diversas áreas da gestão municipal, com a temática da prevenção do suicídio.

Imagem 4 – População atenta em palestra sobre prevenção ao suicídio.

 

JUNDIÁ

Ao longo do mês de setembro equipes das Secretarias Municipais de Saúde, de Assistência Social e de Educação realizaram ações voltadas ao Setembro Amarelo e valorização da vida. Na oportunidade, a gestão realizou blitz preventiva com colagem de adesivos em transportes e abordagens na feira livre com orientações voltadas a prevenção do suicídio.

Também foi realizado encontro com o grupo “saúde em movimento” abordando o tema Setembro Amarelo. O grupo tem o objetivo de proporcionar aos usuários mais qualidade de vida através de práticas corporais.

Imagem 5 – População de Jundiá em caminhada pelas ruas no durante o encerramento do Setembro Amarelo.

 

JOSÉ DA PENHA

O município de José da Penha, através do Núcleo Ampliado de Saúde da Família – NASF e da Estratégia de Saúde da Família – ESF, desenvolveu uma semana inteira de ações em alusão ao Setembro Amarelo, sobre valorização da vida e combate ao suicídio.

Na oportunidade, houveram entrega de kit “Juntos Pela Vida” nas UBS’s e instituições do município, e lançamento de vídeo informativo – nas plataformas digitais e redes sociais do município – sobre “O Sentido da Vida”. Também houve o pit stop “Juntos Pela Vida” com a entrega de na cidade e zona rural.

Outro destaque importante foi para palestra com alunos das Escolas Municipais Ariamiro Germano da Silveira e Quatro de Outubro, via google meet, com a psicóloga Aline Mayara e a assistente social Werena Barbosa.

Imagem 6 – A Gestão Municipal de José da Penha também realizou encontro terapêutico com pacientes de saúde mental e deu início ao grupo “Sua vida Importa”.

 

VERA CRUZ

Durante todo o mês de setembro o município de Vera Cruz realizou palestras em suas unidades de saúde e de ensino com a participação de profissional de psicologia.

Imagem 7 – Palestra sobre Setembro Amarelo, conscientização e valorização da vida, e combate ao suicídio com adolescentes em Vera Cruz.

 

PORTALEGRE

As ações do Setembro Amarelo, no município de Portalegre, foram concretizadas através de publicações em redes sociais, utilização de identidade visual da campanha pela cidade, realização de escuta psicológica aos profissionais de saúde, entrega de garrafinhas temáticas, caixa do afeto, atividades coletivas de atenção ao usuário, psicologia e atividades físicas.

A caixa do afeto foi desenvolvida em parceria com a igreja evangélica, dedicando mensagens afetivas, de suporte, de apoio e de motivação aos funcionários.  As atividades coletivas aconteceram nas unidades de saúde da zona rural juntamente com as equipes ESF. As rodas de conversa foram realizadas nas comunidades rurais como estratégia de sensibilização aos cuidados com a saúde mental, divulgação dos serviços de psicologia e atividades na academia da saúde com educadora física através do projeto Movimente-se.

Imagem 8 – Na programação, também houveram orientações, sensibilização e cuidados nas atividades do pólo de saúde, com foco na terceira idade.

 

FELIPE GUERRA

O Governo Municipal de Felipe Guerra, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, desenvolveu o projeto “Estratégias para controle de psicotrópicos dos pacientes da ESF no município de Felipe Guerra” que residem na zona urbana do município. Os encontros aconteceram de forma quinzenal com o objetivo programar e acompanhar o tratamento desses pacientes para que os mesmos tenham um atendimento diferenciado e um melhor controle do uso dos referidos medicamentos.

A princípio o projeto foi direcionado aos pacientes da ESF residentes na Zona Urbana, mas o objetivo do Governo Municipal é estendê-lo aos pacientes da ESF da Zona Rural. Além disso, o Município também tem a intenção de contratar um médico psiquiatra para maior apoio ao projeto, como também, visa a disponibilização de medicações.

Imagem 9 – Idosos de Felipe Guerra sendo atendidos pelo projeto.

 

CAMPO GRANDE

O mês de setembro no município de Campo Grande iniciou com palestras sobre valorização a vida e de combate ao suicídio durante a vacinação contra a Covid-19 em adolescentes e crianças entre 12 e 17 anos. A ação contou com a presença da assistente social, Patrícia Viana e da secretária municipal de saúde, Larissa Moura. Na oportunidade, os jovens foram incentivados a procurar a ajuda de profissionais de saúde quando existirem sinais de depressão ou pensamentos suicidas.

Imagem 10 – Jovem de Campo Grande sendo vacinado contra a Covid-19 ao mesmo tempo em que participa de ação alusiva ao Setembro Amarelo.

 

EQUADOR

A Prefeitura Municipal de Equador, através das Secretarias de Saúde e Educação, realizou durante o mês de setembro oficina sobre saúde mental com os professores do município. A oficina teve o objetivo criar uma cartilha de identificação do sofrimento psíquico, principalmente com risco de suicídio dentro do contexto escolar e a organização de um fluxo de encaminhamento e cuidado dentro da rede.

Durante o trabalho, foi possível observar muitos profissionais da educação também em sofrimento, neste sentido também foram orientados sobre como e onde procurar ajuda. Na oportunidade, foi ventilada pelos participantes a possibilidade da continuidade do trabalho em saúde mental junto aos profissionais de educação.

 

Imagem 11 – Profissionais do município de Equador durante ação do Setembro Amarelo.

 

UPANEMA

O município realizou ações de Sala de Espera, sobre prevenção ao suicídio, com apoio de médico, enfermeiro, técnico e agente comunitário de saúde.

Imagem 12 – Profissionais de saúde durante o Setembro Amarelo em Upanema.

 

JARDIM DE ANGICOS

A Secretaria Municipal de Saúde, através da Equipe Multiprofissional, realizou em 30 de setembro uma ação para os profissionais da APS. O encontro aconteceu na UBS do Centro e contou com palestra de profissionais médico e psicólogo. Além da palestra os profissionais contaram com a “caixa de desabafo”, onde os profissionais puderam relatar e desabafar suas dificuldades diárias.

Imagem 13 – Profissionais da APS de Jardim de Angicos durante ação do Setembro Amarelo que cotou com a “caixa de desabafo”.

 

PENDÊNCIAS

Durante o mês de setembro foram realizadas diversas ações de valorização da vida e de combate ao suicídio em Pendências. Na oportunidade, houve a divulgação da campanha Setembro Amarelo na rádio local, a realização de ação com o grupo de Mulheres Notáveis, viabilização de bate-papo sobre o tema em todas as unidades básicas de saúde e palestras em empresas locais visando público masculino, tendo em vista que o público em questão frequenta pouco as unidades de saúde do município.

Imagem 14 – Grupo Mulheres Notáveis realiza abertura da programação do Setembro Amarelo.

 

PATU

A campanha Setembro Amarelo em Patu foi realizada com um trabalho multiprofissional onde foram desenvolvidas várias atividades conjuntas. Foi um trabalho intenso colocado em prática pelas Secretarias de Saúde, Educação, Assistência Social e Comunicação.

As equipes se envolveram e trabalharam durante todo o mês de setembro a campanha setembro amarelo com tema principal “valorização da vida”. Esse tema foi escolhido para dar um novo significado a campanha e desfocar da ideia do suicídio que muitas vezes é um gatilho.

A campanha foi trabalhar em todas as secretarias com os servidores, onde foram realizadas ações voltadas para os trabalhadores municipais, um momento para que os mesmos saíssem da rotina de trabalho e entendessem que é importante cuidar do corpo e da mente. Foram feitas diversas rodas de conversas, cafés compartilhados, nas secretárias e equipamentos para que todos os servidores fossem contemplados. A ideia foi cuidar primeiro de quem cuida de outras pessoas.

Todas as atividades durante o mês envolveram Escolas, CRAS, CREAS, UBSs, CAPS, Hospital, Conselho Tutelar. Foram muitos momentos de partilhar a vida e trocar experiências. Foi feito um cronograma onde cada equipamento ficou responsável por uma semana de mobilização em todos esses equipamentos. Também foi feita uma campanha virtual através das redes sociais do @GovernodePatu onde foram compartilhadas TAGs que tinham como o tema central a valorização da vida.

Imagem 15 – Peça de marketing digital utilizado em campanha no Setembro Amarelo.

 

MARTINS

Durante todo o mês de setembro, mês de prevenção ao suicídio, foram realizadas ações pelas Secretarias Municipais de Saúde e Assistência Social, através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV).

O Núcleo Ampliado da Saúde da Família realizou, na escola CEPAL, no Sítio Chapéu, uma ação de conscientização do Setembro Amarelo onde foi apresentado aos alunos os objetivos da campanha e sua importância, juntamente com uma dinâmica na qual foi trabalhado o respeito e a importância da escuta acolhedora. Já o SCFV realizou atividade com o Grupo dos Coroas, onde foi confeccionada uma caixinha com frases motivacionais de apoio e estímulo psicológico e emocional.

Imagem 16 – Integrante do Grupo dos Coroas durante o setembro Amarelo.

Compartilhar