voltar

COSEMS - BA | 12/04/2019

COSEMS/BA propõe encontros regionais para fortalecimento das unidades municipais

A presidente do Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde da Bahia (COSEMS/BA), Stela Souza, solicitou de ao secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, que sejam realizadas discussões regionais com objetivo de encontrar medidas para fortalecer os hospitais municipais do estado. O pedido foi realizado durante Encontro Estadual sobre Regulação e Produtividade Hospitalar, comandado pelo secretário estadual, e que reuniu secretários de saúde, profissionais da área e diretores e coordenadores dos hospitais estaduais, municipais e filantrópicos de toda a Bahia.

Stela Souza também destacou que os hospitais municipais não são responsabilidade somente dos municípios, mas também do Estado e da União. “Essa junção de forças é a luta do Cosems Bahia, para que a gente possa fortalecer essas unidades hospitalares, ampliando a rede especializada e possibilitando que os usuários sejam atendidos lá no seu município ou na sua região. Temos vários problema que não serão esgotados neste encontro, mas precisamos resolver. E essa discussão é um importante passo nessa construção”, salientou.

O secretário Fábio Vilas-Boas reforçou a necessidade do fortalecimento das unidades de saúde dos municípios e também do aperfeiçoamento dos instrumentos de gestão e assegurou que os encontros regionais serão realizados. “Estamos com os secretários para discutir a regulação e as necessidades dos hospitais do interior para que possamos aumentar a produção e consequentemente reduzir a necessidade de transferir o paciente. Além disso, o projeto do governador Rui Costa é apoiar os municípios para fortalecer, ampliar e qualificar a atenção básica em toda a Bahia. Com uma atenção básica cada vez mais resolutiva, reduziremos o número de pacientes que têm infarto, AVC e outras complicações”, ressaltou Vilas-Boas.

O secretário também anunciou que a partir da próxima semana a SESAB implantará um novo software para o gerenciamento de leitos hospitalares, possibilitando que a Central Estadual de Regulação (CER) tenha acesso, em tempo real, ao número exato de leitos disponíveis em cada unidade no momento da alta hospitalar. Também foram apresentados os números atuais da regulação. De acordo com o relatório, em 2019 a Central de Regulação atendeu 50 mil solicitações e 90% das solicitações passaram a ser atendidas em até 48 horas.

Texto e foto por Cosems-BA