Cosems-AL promove intercâmbio de experiências com estados do TO, PI e AP - CONASEMS
voltar

COSEMS - AL | 08/03/2022

Cosems-AL promove intercâmbio de experiências com estados do TO, PI e AP

A Diretoria Ampliada e  equipe técnica do Cosems-AL participaram no último fim e semana, na Barra de Santo Antônio, do Encontro  de Intercâmbio do Cosems-AL e Cosems-TO e da Oficina de Planejamento Anual do Cosems-AL. O objetivo foi favorecer  a troca de experiências com foco no aperfeiçoamento da Gestão do SUS.

O presidente do Cosems-AL Rodrigo Buarque ressaltou a importância da troca de experiências sobre o SUS com gestores representantes dos Estados de TO, AP e PI e da importância da interação entre as duas regiões, como estratégia para tornar o Sistema mais sólido e próximo da população usuária mais vulnerável.

A Regulação em Saúde no SUS (Sisreg) apresentada pela apoiadora regional do Cosems-AL, Mirna Vaz, movimentou as discussões, considerando os obstáculos enfrentados em comum também pelos Estados  do Tocantins,  Amapá e Piauí,  uma vez que os representantes dos seus respectivos Cosems estão participando do evento.

Outro momento rico foi a apresentação do gestor da Saúde de Pilar Pedro André Moraes sobre a experiência exitosa do município no tocante ao quesito regulação.

O presidente do Cosems do TO, Rondinelly Souza, destacou a satisfação em fazer parte desta troca de conhecimentos, uma vez que resultará na junção de forças para se pensar em um SUS mais forte e de qualidade para todos. “Precisamos dar respostas a quem está na ponta e que não tem porta-voz”, reforçou.

A segunda vice-presidente da Região Nordeste do Conasems,  Leopoldina Cipriano, agradeceu ao titular do Cosems-AL Rodrigo pela oportunidade de reunir estados do Norte e Nordeste no evento, já que têm especificidades diferentes das demais regiões do país. Segundo ela, o momento é ímpar  para o avanço dos três estados citados.

A presidente do Cosems do Piauí Auridene Tapety destacou que o evento resgata a interação e a socialização de experiências, considerando os desafios,  a exemplo das portarias que são nacionais e precisam ser adequadas às demais regiões do país.

O presidente do Amapá Marcel Menezes reforçou o importante papel da troca de experiência e salientou a luta do Conasems que diariamente é atacado por portarias publicadas sem serem pactuadas na CIT. “O sentimento de gratidão ao Cosems-AL, pois isso mostra grandeza já que vocês chamaram para si esta responsabilidade e  que sirva de exemplo para todos nós”, afirmou Marcel, sugerindo que as discussões sejam levadas a outras regiões do país.

Na sexta-feira houve a discussão do fortalecimento da Rede de Governança da Informação e Informática do Cosems-TO. O presidente do Cosems do Tocantins detalhou o projeto que tem como objetivo principal evitar a perda de recursos por parte das Secretarias Municipais de Saúde por deixar de alimentar em tempo hábil ou  não fazê-lo nos sistemas de informação da Saúde.

Rondinelly ressaltou que desse evento sairá um relatório com as principais demandas de TO, AL, PI e AP, que será encaminhado ao Conasems que, segundo ele, já teria se comprometido em submeter à sua equipe técnica para  o suporte necessário.

Outra pauta que fechou o evento da sexta-feira foi o planejamento das atividades do Cosems-AL para 2022. A discussão foi mediada pela secretária executiva Kátia Betina. Membros da Diretoria deram sugestões sobre uma prévia construção de ações feita pela equipe técnica do Cosems-AL, com base em cinco eixos. Diante das pontuações elencadas pela Diretoria, ficou acordado que os membros poderão opinar ainda para formatação e aprovação  posterior do documento.

Compartilhar