Cinco municípios de MS já finalizaram a imunização dos grupos prioritários e Cosems/MS solicita continuidade por faixa etária - CONASEMS
voltar

COSEMS - MS | 21/05/2021

Cinco municípios de MS já finalizaram a imunização dos grupos prioritários e Cosems/MS solicita continuidade por faixa etária

Cinco cidades de Mato Grosso do Sul já concluíram a vacinação de todos os grupos prioritários elencados no Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19, e o Conselho de Secretários Municipais de Saúde MS solicitou a Coordenação Geral do Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde, que a continuidade da imunização seja por faixa etária.

Como explica o Presidente do Conselho, Rogério Leite “nós sempre defendemos descer por faixa etária. Em abril, quando muitos já estavam encerrando a vacinação dos idosos e das pessoas com comorbidades fizemos a solicitação, que agora foi novamente reiterada, e estamos fazendo um estudo analítico sobre a situação”.

“Diariamente recebemos solicitação de inclusão de várias categorias, como os bancários, taxitas, mototaxistas, trabalhadores do comércio, todos que provem o sustento de suas famílias são importantes. Avançar por idade é mais democrático e atende a todos os grupos de trabalhadores”, complementa o Presidente do Conselho.

Um dos municípios que já finalizaram os grupos prioritários é Nova Andradina, como conta o Secretário de Saúde, Sérgio Dias Maximiano “se desde o início tivéssemos começado por idade, a vacinação estaria mais avançada, eu entendo a definição de grupos, mas assim evitaríamos questionamentos e interpretações extensivas, pois na ponta nos deparamos com inúmeras situações, seria mais prático e célere”.

Os municípios que já finalizaram os grupos são Antônio João, Batayporã, Japorã, Nova Andradina, Paranhos e Porto Murtinho.

De cordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde a faixa etária de pessoas mais acometida pela doença são de pessoas que possuem de 30 à 39 anos com 23,4%, seguido de 20 à 29 anos com 19,3%, e 40-49 anos com 19,2%.

 

Compartilhar