voltar

Notícias | 16/06/2020

Conexão Fiocruz Brasília promove live com o tema “Comunicadores Populares e o novo coronavírus”

Quais iniciativas ajudam a população a se identificar com uma informação e atuar para mudanças em seu território? De que forma a comunicação pode ser uma importante estratégia no enfrentamento à covid-19? Que ações podem resultar em maior conscientização em meio à pandemia do novo coronavírus? Estas são algumas das questões a serem destacadas na próxima edição do Conexão Fiocruz Brasília, com o tema “Comunicadores Populares e o novo coronavírus”, no dia 18 de junho (quinta-feira), às 15h, transmitido no canal do youtube.

https://www.youtube.com/fiocruzbrasiliaoficial

Pensar e propor formas de comunicar considerando a diversidade e desigualdades presentes nos territórios, também relacionadas ao acesso a essa informações, é um dos objetivos do Programa, que contará com a participação de comunicadores populares do DF, entre eles Flora Fonseca, pesquisadora e gestora de comunicação do Comitê de enfrentamento à Covid-19 da Cidade Estrutural; do pesquisador do Laboratório de Políticas de Comunicação (LaPCom-UnB) e do Projeto Comunicação Comunitária e Cidadania, Fernando Paulino, professor da Universidade de Brasília (UnB); do coordenador de Integração Estratégica da Fiocruz Brasília, Wagner Martins, um dos idealizadores da Plataforma de Inteligência Cooperativa com Atenção Primária à Saúde para o enfrentamento da Covid-19 (PICAPS); e da coordenadora do Canal Saúde, Marcia Corrêa e Castro. A edição está alinhada às iniciativas do “Se Liga no Corona!”, campanha de comunicação que tem como foco a prevenção ao novo coronavírus considerando as condições de vida e habitação de populações em situação de vulnerabilidade socioambiental.

Com um formato interativo, o programa estimula a interação do público com os pesquisadores, pelo envio de perguntas que são respondidas ao longo da transmissão. Os questionamentos podem ser feitos diretamente no youtube, ou enviados pelo Instagram (@fiocruzbrasilia) e Facebook (facebook.com/fiocruzbrasilia).

No atual momento vivido no Brasil, a atuação dos comunicadores populares ganha ainda mais relevância com o avanço da covid-19 em regiões de maior vulnerabilidade social. Com várias iniciativas pelo país, a Fiocruz tem ampliado sua atuação nos territórios, reafirmando a importância de uma atuação conjunta e mais próxima da população, somando esforços para evitar o agravamento da pandemia nos estados brasileiros.

Com o objetivo de fazer comunicação em saúde de maneira cada vez mais próxima do dia a dia das pessoas, a Fiocruz Brasília promoveu, no dia 29 de maio, a Oficina de Comunicadores Populares do DF, em formato online (saiba mais aqui).“Nosso objetivo é compreender as diferentes realidades dos territórios e propor uma atuação com os comunicadores populares do DF, buscando construir ‘com eles’, e não apenas ‘para eles’, as estratégias de comunicação que correspondam às suas necessidades”, explica Wagner Vasconcelos, coordenador da Assessoria de Comunicação (Ascom) da instituição. O destaque dado ao tema no Conexão Fiocruz Brasília é um dos resultados da Oficina.

Edição fará sorteio de livros da Editora Fiocruz

Novamente com o apoio da Editora Fiocruz, a edição do dia 18 de junho promoverá sorteio de seis livros: Comunicação e Saúde, de Inesita Araújo e Janine Cardoso; Saúde e Jornalismo (organizadores: Igor Sacramento e Katia Lerner); Como e por que as desigualdades fazem mal à saúde, de Rita Barata; As causas sociais das iniquidades em saúde no Brasil, da Comissão Nacional sobre Determinantes Sociais da Saúde (organizadora); Infomar e Educar em Saúde: análises e experiências (organizadores: Ana Cristina de S. Mandarino, Edmundo Gallo, Estélio Gomberg); e Informação, Saúde e Redes Sociais: diálogos de conhecimentos nas comunidades da Maré (organizadores: Regina Maria Marteleto, Eduardo Navarro Stotz).

Os interessados devem encaminhar perguntas sobre o tema do Programa, durante a transmissão ou pelo Instagram e Facebook, além de inscreverem-se no canal da Fiocruz Brasília e da Editora Fiocruz no Youtube.

Compartilhar