Conasems dá início a escuta e diálogo nos territórios sobre a Atenção Básica - CONASEMS
voltar

Gestão | 26/04/2022

Conasems dá início a escuta e diálogo nos territórios sobre a Atenção Básica

Como parte das ações do Conasems planejadas para 2022, a entidade começou no mês de abril o processo de escuta em cada uma das 120 macrorregiões de saúde do país para ouvir e dialogar sobre a Atenção Básica. O cronograma inicial prevê o início das atividades no Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Espírito Santo, Santa Catarina e Paraná. A etapa de escuta e diálogo ocorrerá de forma virtual  e será essencial a participação e contribuição de toda a rede Cosems no acompanhamento e condução das escutas como também nas discussões sobre os resultados.

A proposta é que as atividades deem subsídio e elementos concretos para o Conasems sobre a dinâmica dos serviços e suas reais necessidades, considerando ainda como a pandemia tem repercutido na gestão da AB e se vem impactando as demandas em saúde da população. 

Em cada região do Brasil a Atenção Básica tem características próprias para desenvolver. Na Amazônia, o maior desafio é a regionalização além da necessidade de se garantir a integralidade ainda necessita aprimorar os mecanismos de comunicação e apoio técnico de referência. Para além da região amazônica, o provimento de profissionais em lugares remotos e em territórios com menos Índice de Desenvolvimento Humanos é um desafio tão grande quanto o desenvolvimento de uma gestão de trabalho que subsidie o modelo de atenção. 

A AB tem conseguido gradativamente mudar o modelo assistencial baseado em hospitais e seus médicos para um modelo que compreenda a saúde de forma mais ampliada que a clínica simples. No total, são 50 mil equipes que conseguiram mudar o perfil sanitário do país e que, durante a pandemia, fizeram a diferença na condução de casos menos graves mas que, igualmente, sobrecarregam o sistema.

Confira o vídeo sobre a Escuta na AB:

Compartilhar