Premiações na 17ª Mostra Brasil, aqui tem SUS ampliam reconhecimento - CONASEMS

Premiações na 17ª Mostra Brasil, aqui tem SUS ampliam reconhecimento

A Mostra Brasil, aqui tem SUS tem impulsionado seus mecanismos de premiação para que os profissionais de saúde se sintam reconhecidos e instigados ao aprimoramento permanente. Na 17ª edição, a Fundação Oswaldo Cruz, a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) uniram-se ao CONASEMS para ampliar a valorização das ações desenvolvidas nos municípios, através de prêmios específicos.

“O propósito maior da Mostra Brasil, aqui tem SUS é incentivar que os trabalhadores e trabalhadoras contem sobre seu trabalho e troquem experiências no momento do Congresso. A Mostra já tem uma estrada longa, que vem cada vez mais se legitimando, e eu acredito que as premiações são um incentivo. Como um espaço de compartilhamento e aprendizado, e não de competição, as premiações têm um papel de estímulo e reconhecimento por isso, ao longo do tempo, fomos qualificando esse processo com instrumentos como os webdocs, que são pequenos documentários das experiências cujo propósito é difundir ainda mais os trabalhos”, afirma a coordenadora da Mostra, Marcia Pinheiro.

Como tradicionalmente acontece, os trabalhos de maior destaque por estado serão reconhecidos com a elaboração de um documentário do Projeto “Webdoc Brasil, aqui tem SUS” e receberão Certificados de Premiação pelo respectivo Estado. O CONASEMS também irá premiar experiências de acordo com cada uma das 13 áreas temáticas da 17ª Mostra Brasil, aqui tem SUS, com medalhas e Certificados de Premiação

Aos COSEMS, o reconhecimento virá também em função do seu papel como articulador e da sua contribuição na qualificação da Mostra. Aquele que alcançar o maior número de experiências premiadas na 17ª Mostra receberá um prêmio no valor de R$ 10.000,00 e um Certificado de Premiação pela sua capacidade de “sensibilização e mobilização”.

Parcerias

“A visibilidade da Mostra e o interesse que ela desperta têm atraído novos parceiros nas premiações, que enxergam uma oportunidade de dar o seu recado. A Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) participa da Mostra com a terceira edição dom o prêmio APS forte e teremos pela primeira vez premiações do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)”, diz Márcia.

A OPAS irá valorizar três experiências apresentadas na temática Atenção Básica, com o 3º Prêmio “Atenção Primária Forte: Caminho para a Saúde Universal”. O primeiro colocado receberá uma viagem de estudo para conhecer uma experiência internacional de organização da rede de atenção à saúde centrada na Atenção Primária ou uma viagem para participar de evento de âmbito internacional, a ser indicado pela OPAS/OMS. As duas experiências na sequência de maior pontuação receberão certificados”

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) reconhecerá experiências que busquem a garantia do acesso universal à saúde reprodutiva para todos, a partir de três grandes desafios a serem atingidos até 2030: zero necessidades insatisfeitas de contracepção; zero mortes maternas evitáveis; e zero situações de violência contra mulheres e meninas. O 1º Prêmio “UNFPA Saúde Reprodutiva para tod@s: Acelerando o compromisso” será destinado aos três trabalhos de maior destaque na temática Saúde Reprodutiva, com o Certificado de Honra ao Mérito e o intercâmbio entre os autores premiados com viagens de prospecção e estudos.

O Prêmio IdeiaSUS – “Fiocruz é SUS: direito universal à saúde, equidade e democracia” irá premiar as cinco experiências de maior destaque em cada região geográfica do país com o acompanhamento dos trabalhos por um ano, publicação de um livro sobre esse processo de Curadoria em Saúde e um vídeo com as cinco experiências premiadas. A Fiocruz quer com a premiação enfatizar “o marco da defesa do Sistema Único de Saúde e seu indissociável compromisso com a dignidade humana, a justiça social, a democracia e a preservação do ambiente como centro das preocupações do desenvolvimento do país”.

A escolha de todos esses trabalhos de destaque é realizada por meio de bancas formada por cinco especialistas com amplo conhecimento sobre o SUS, dos quais três irão avaliar as apresentações presencialmente durante a Mostra e os demais já fizeram a análise de forma online, via sistema digital. Os autores também serão avaliados pelo público presente por voto direto e o resultado da votação irá revelar as três experiências de maior destaque para os participantes, cuja premiação é o Certificado de Honra ao Mérito.

Uma análise mais detalhada sobre o teor das premiações revela o interesse do CONASEMS de reconhecer o esforço das equipes de saúde em seus territórios, mas também de abrir novas possibilidades de educação permanente e de disseminar as boas iniciativas para um público mais amplo. É um modo de reafirmar que em cada canto do Brasil, AQUI TEM SUS!

Compartilhar