Americana define ações em comemoração ao Dia Mundial do Diabetes - CONASEMS
voltar

Gestão | 27/10/2010

Americana define ações em comemoração ao Dia Mundial do Diabetes

logo_dia_mundial_generico
logo_dia_mundial_genericoA Secretaria de Saúde de Americana em parceria com a ADAM (Associação dos Diabéticos de Americana) já definiu a programação especial em comemoração ao Dia Mundial do Diabetes, celebrado em 14 de novembro. Ao longo do mês de novembro, diversas ações educativas e de promoção a saúde serão realizadas.

Segundo a gestora da Secretaria de Saúde, Eliane Agulha de Souza, palestras para os diabéticos serão ministradas por especialistas e os profissionais da saúde serão capacitados para incentivar o cadastro de pacientes no Programa de Atenção ao Hipertenso e ao Diabético (PAHD). Além disso, ações educativas e de assistência serão oferecidas aos diabéticos.

“O objetivo da Secretaria é intensificar as informações sobre as causas, sintomas, tratamento e as complicações associadas ao diabetes, com ênfase nas ações de promoção à saúde. Queremos também, através das capacitações de médicos, enfermeiros e agentes comunitários de saúde, aumentar o número de pacientes no Programa”, falou. 

Segundo dados da Secretaria de Saúde, estima-se que Americana tenha de 10 a 12 mil pessoas diagnosticadas com o diabetes. O PAHD atende atualmente 1.937 pacientes. “Queremos aumentar o número de pessoas atendidas pelo programa e por isso estamos realizando essas ações”, comentou.

O PAHD é um programa de atenção às doenças crônicas não-transmissíveis, particularmente a hipertensão arterial, o diabetes mellitus, a dislipidemia, a obesidade e o tabagismo, cujo objetivo maior é identificar, cadastrar e assistir a todos os pacientes em risco ou portadores destas enfermidades em Americana.

O programa funciona nas Unidades Básicas de Saúde e nas Estratégias de Saúde da Família. Nele, os pacientes têm vínculo através do cadastramento que é feito pelo médico ou pela enfermeira da unidade. As principais atividades são os grupos de hipertensão e diabetes, grupos de prevenção e educação junto às escolas e centros comunitários e o cadastramento dos pacientes no programa, bem como campanhas periódicas.

Assessoria de Comunicação da SMS de Americana (SP)

Compartilhar