voltar

Gestão | 08/02/2019

Sergipe: 75 gestores participam do Seminário de Acolhimento em Aracaju

Desde o início da gestão, 58 municípios de Sergipe contam com novos secretários de saúde

Acontece em Aracaju-SE nesta quinta e sexta (07, 08) o Seminário de Acolhimento aos Gestores do SUS promovido pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado de Sergipe (Cosems/SE), em parceria com o Conasems, com o núcleo Estadual do Ministério da Saúde (NEMS/SE) e com a Secretaria de Estado de Saúde. O evento, que conta com a presença 75 gestores, ou seja, todos os municípios do estado, tem o objetivo de apoiar os gestores municipais de saúde possibilitando a troca de experiências e o reconhecimento de práticas exitosas.

O secretário executivo do Cosems¸ Salviano Augusto de Almeida Mariz, informou que o seminário foi organizado com temas de fundamental importância para quem está começando e para enriquecer os secretários que continuam na gestão das pastas nos municípios. “Resolvemos fazer esse acolhimento mesmo no meio da gestão porque, hoje, temos 58 novos secretários. Então, o objetivo foi promover toda essa acolhida, informações, temas importantíssimos para a gestão. Trouxemos o presidente do Conasems, Mauro Guimarães Junqueira, os dois vice-presidentes do Conasems do Pará e do Ceará, além da Dra. Lenir, consultora jurídica do Conasems, que lançou um livro e cada gestor receberá um exemplar”, disse.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), através das Diretorias de Atenção Integral à Saúde (Dais), Vigilância em Saúde (DVS) e de Planejamento (Diplan), participa do Seminário. A SES disponibilizou cerca de 40 técnicos que estarão presentes nos dois dias do encontro acolhendo e tirando dúvidas dos municípios em sala especialmente reservada para o atendimento individual.“É papel do Estado fazer a coordenação das políticas de atenção e vigilância e estamos participando desse evento promovido pelo Cosems devido à importância de esses novos secretários terem acesso à agenda da saúde. Durante o evento, o Cosems oportuniza uma sala de atendimento aos municípios e a gente está aqui com a presença dos técnicos do Planejamento, Vigilância à Saúde e da Diretoria de Atenção Integral à Saúde, em especial das coordenações de atenção primária e de Assistência Farmacêutica, permitindo aos gestores tirar suas dúvidas sobre os programas do Ministério da Saúde, sobre o dia a dia e a situação de saúde dos seus municípios”, explicou o diretor da Dais, João Lima Junior.

Para a secretária municipal de saúde de Salgado, Sonia Maria dos Santos, estar no Seminário de Acolhimento aos novos gestores é sempre importante pela experiência de compartilhar as questões de saúde, de financiamento, e principalmente conhecer as novas tecnologias, que estão sempre surgindo, além compartilhar com os novos colegas as dificuldades de gestão. “Eles têm a preocupação de fazer esse Seminário sempre que há mudanças de gestão para poder inteirar os gestores de como é a gestão da saúde e onde podem buscar informações importantes para o gerenciamento como, por exemplo, as redes de assistência, de atenção básica, de assistência farmacêutica, a rede especializada e os sistemas de informações mesmo, que são complexos, para um gestor novo que ainda não tenha propriedade. É importante, também, para que se reconheça quem são os coordenadores, os responsáveis, para poder tomar decisões melhores e resolver os problemas que são encontrados no município. Então é um evento de extrema importância”, reforçou Sonia.

Com informações da Agência Sergipe de Notícias