A publicação de análises se encerra em 17 de julho

Datathon Desafio de Dados da Saúde Pública no Brasil

12/07/2018

Datathon Desafio de Dados da Saúde Pública no Brasil registra 574 competidores de todo país

Premiação é um pacote de inscrição, viagem e hospedagem para a Tableau Conference 2018 em New Orleans, nos Estados Unidos

Cerca de 574 pessoas de todo país registraram participação no primeiro datathon Desafio de Dados da Saúde Pública no Brasil, sendo 201 inscrições individuais e 373 distribuídas em 128 equipes. Os participantes devem apresentar suas análises até o dia 17 de julho. A partir do dia 6 de agosto, os jurados vão publicar as 10 melhores análises para a votação do Júri Popular. O regulamento está disponível no site: www.desafiodedados.com.br.


A competição envolve análise de dados abertos com o objetivo de produzir infográficos, insights e outras narrativas sobre as informações disponibilizadas pelo governo brasileiro. A expectativa é que o material produzido pelos participantes possa fazer uma real diferença na compreensão dos problemas na área de saúde do país.

Premiação

O competidor individual ou a equipe responsável pela análise de dados vencedora ganhará a inscrição e terá as despesas de viagem e hospedagem cobertas para a Tableau Conference 2018, a ser realizada em New Orleans, nos Estados Unidos, entre os dias 22 e 25 de outubro de 2018. Para mais informações, acesse: https://tc18.tableau.com/.

Inovação

A iniciativa nasceu da vontade de aproximar desenvolvedores e profissionais de análise de dados de grandes questões nacionais. E a pasta da saúde é uma delas: é o maior investimento do país, comparado a outras rubricas orçamentárias.

“Queremos promover um debate qualificado para melhorar e ampliar o entendimento sobre saúde pública no Brasil a partir dos insights feitos pelos competidores do Desafio. O Datathon pretende fomentar análises propositivas, que podem apresentar potenciais tendências, identificar comportamentos e contextualizar dados da área de saúde, auxiliando na construção de políticas públicas”, explica Gustavo Guimarães, presidente da Qubo Tecnologia, empresa responsável pela realização do Desafio de Dados.

O Diretor da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Thiago Rodrigues, destacou: “Temos 40 mil unidades básicas de saúde. A nossa esperança é que o desafio possa trazer dados que auxiliem na tomada de decisão dos gestores”. A chefe do núcleo de Dados Abertos do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU), Thalita Ary, avalia que o Desafio fortalece a vertente do consumo de dados abertos: “O Desafio promove insights e análises que geram benefícios concretos para a população. O potencial dos dados abertos só é totalmente aproveitado quando ele é efetivamente utilizado. Esse formato de dar mais tempo para os participantes entenderem os dados vai trazer resultados mais robustos e estruturados”.

Qubo Tecnologia

Empresa brasiliense especializada em análise de dados, a Qubo Tecnologia acumula 10 anos de experiência em entender e ofertar soluções diversas de análise, ingestão, tratamento e visualização de dados. Com uma abordagem consultiva e integrada de atividades, ajuda a transformar a maneira como as organizações realizam análise de dados.

SERVIÇO

Desafio de Dados da Saúde Pública no Brasil
Regulamento: www.desafiodedados.com.br
Período de análises: de 4 a 17 de julho
Divulgação das dez propostas para a votação popular: 6 de agosto
Divulgação do resultado: 15 de agosto

Realização: Qubo Tecnologia

Patrocinadores: Qubo Tecnologia, Tableau Software, Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra), Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados (IBPAD)
Participação: Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae)

Apoio Institucional: Ministério da Saúde (DEMAS/SAGE/MS e DECIIS/SCTIE/MS), Controladoria Geral da União e Sedict/GDF.