COSEMS-PB

COSEMS-PB realiza Seminário Integração Vigilância e Atenção Básica

19/10/2018

 

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (Cosems-PB) realizou na quinta-feira, dia 18, o Seminário Integração Vigilância e Atenção Básica que teve como tema o enfrentamento da Sífilis Congênita, das Arboviroses e da baixa cobertura vacinal. O encontro teve como público-alvo os Gestores Municipais de Saúde do Estado e os Coordenadores de Atenção Básica ou Coordenadores de Vigilância em Saúde.

A mesa de abertura contou com representação de autoridades como Ministério da Saúde através da Secretaria de Vigilância em Saúde e Departamento de Atenção Básica, Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, Secretaria de Estado da Saúde, Conselho Estadual de Saúde, COREN, CONASEMS, Projeto Sífilis NÃO.

A presidente do COSEMS-PB, Soraya Galdino explicou que as temáticas escolhidas foram baseadas nos relatos da maioria dos gestores municipais de saúde, que relatam os problemas e as dificuldades em enfrenta-los. “O cenário preocupa e por isso precisamos falar sobre a importância da vacinação evitar o retrocesso, já que ultimamente algumas doenças que estavam erradicas estão voltando, da mesma forma a sífilis congênita, que registrou alta em alguns locais do Estado e por fim, as arboviroses, que tem como vetor o mosquito e causa um estrago grande. Então é preciso discutir ações de enfrentamento e encontrar soluções, precisamos estar em vigília e alertas”, disse.

O procurador do ministério público federal José Guilherme elogiou muito a iniciativa do COSEMS na realização do evento encaminhou uma reunião para o dia seguinte na procuradoria com representastes do Ministério da Saúde e as presidências do COREN, CRM e COSEMS para pactuar a obrigatoriedade da aplicação da benzetacil nas unidades básicas de saúde.

Para o procurador Valberto Lira do Ministério Público, eventos como estes contribuem ainda mais para o aperfeiçoamento dos gestores. De acordo com ele, o MP e o COSEMS mantêm uma parceria antiga que atualmente estão envolvidos na luta para a efetivação da política de saúde nos presídios. “O COSEMS é o primeiro parceiro para a efetivação da política de saúde nos presídios, conforme está previsto através de decreto”, disse.

Presente ao evento, a secretária de Estadual de Saúde, Cláudia Veras parabenizou o COSEMS pela iniciativa como forma de fortalecer o diálogo entre as gestões com os municípios. “A articulação daquilo que observamos dentro das ações da Vigilância em Saúde no aspecto de notificação sempre foi um desafio para a gestão pública porque as áreas não podem andar separadamente. A realização deste fortalece o diálogo e estimula a consolidação dos avanços em saúde no Estado da Paraíba”.

Pela manhã, o evento teve início com uma mesa-redonda sobre a sífilis, com a participação dos palestrantes serão Alessandro Chagas (CONASEMS), Joana Angélica de Araújo Ramalho (SES-PB), Gerson Fernando Mendes Pereira (SVS-MS), Erica Almeida (DAB-MS) e Ângela Amorim (COREN-PB).

De acordo com Alessandro Chagas do CONASEMS, vários aspectos foram relevantes no evento. “É importante dar visibilidade para à Vigilância porque temos um modelo de saúde muito centrado em hospital e doença e quando você foca na vigilância chama atenção para o fato de que ela tem condição de prevenir, de evitar a doença e diminuir a hospitalização. E o movimento que a gente faz no cenário nacional é que a Vigilância em Saúde tenha uma integração com a atenção à saúde básica, com reuniões conjuntas e planejamento porque temos desafios grandes como os focados neste evento, a exemplo da sífilis congênita, da vacinação e das arboviroses. Temos de nos preocupar muito com isso e colocar estas questões na agenda do gestor o ano inteiro”, disse.

No período da tarde, mais duas mesas redondas foram realizadas, uma sobre o enfrentamento às Arboviroses no Estado com Alessandro Chagas do Projeto Aedes na Mira (CONASEMS), Luiz Francisco de Almeida (SES-PB), Wanessa Tenório G. H. de Oliveira (SVS-MS) e Erica Almeida (DAB-MS) e outra sobre o Fortalecimento da Política de Imunização na Paraíba com Alessandro Chagas (CONASEMS), Isiane Queiroga (SES-PB), Líbia Roberta de Oliveira Sousa (SVS-MS), Erica Almeida (DAB-MS) e Glauber Galiza (COREN-PB). O evento foi encerrado posteriormente após ricas discussões e a solicitação dos participantes para a realização de mais eventos em virtude do sucesso registrado.

 

Via COSEMS/PB