Confira as atividades extras que acontecem durante o 33º Congresso Conasems

11/07/2017

Além da ampla programação, o XXXIII Congresso Conasems vai contar com uma série de atividades extras. Dentre elas, lançamentos de publicações, palestras no estande do Ministério da Saúde e da Opas, oficinas com núcleos de apoiadores e divulgação de pesquisas.  

A oficina dos apoiadores durante o Congresso será o segundo encontro presencial. Os apoiadores estão em contato online com os consultores regionais, coordenadores e secretários municipais de saúde através da Plataforma de comunicação e informação que também faz parte da estratégia ampla da rede colaborativa Conasems-Cosems para fortalecimento da gestão municipal do SUS. Além dessa atividade, acontecerá uma oficina com o núcleo de apoiadores do Ministério da Saúde e um encontro de confraternização entre eles e os apoiadores regionais dos COSEMS.

Palestras Ministério da Saúde 

As palestras no estande do Ministério da Saúde acontecerão todos os dias do Congresso (quarta, quinta, sexta e sábado). Dentre os assuntos apresentados estão:  A Organização e Qualificação da Rede de Saúde Bucal nos Municípios, Requalifica UBS e Emendas Parlamentares para a Atenção Básica  eSUS AB: O Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC) como Ferramenta de Gestão da Clínica, Política Nacional de Saúde das Mulheres, entre outros.

Confira aqui a programação completa das palestras

Pesquisas

A equipe de pesquisadores do Projeto de Qualificação da Gestão Estratégica e Participativa do SUS (QGEP-SUS), do Departamento de Ciências Sociais da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (ENSP) vai divulgar o estudo “Pesquisa Nacional das Comissões Intergestores Regionais – CIR” durante o 33º Congresso Conasems. O estudo está sendo desenvolvido em parceria com o CONASS e o CONASEMS, tendo sido apresentado, por meio de informes, nas assembleias dessas duas entidades. Os respectivos presidentes, Michelle Caputo Neto e Mauro Junqueira, ressaltaram a relevância da pesquisa para o conhecimento e a divulgação do trabalho desenvolvido pelas CIR, considerado essencial, por ambos, para o aperfeiçoamento da governança regional do SUS nos estados brasileiros. A coleta de dados da pesquisa está prevista para os meses de junho a agosto de 2017 e contempla ainda uma segunda fase, que irá explorar o papel das CIR no planejamento regional e na organização das ações e serviços de saúde no âmbito das regiões de saúde brasileiras. Os resultados da pesquisa serão disponibilizados para as instâncias nacionais e estaduais do SUS, visando fomentar o debate sobre o fortalecimento da governança regional da política de saúde no Brasil. Saiba mais sobre essa pesquisa aqui 

Uma parte da pesquisa sobre o perfil do gestor também será divulgada durante o evento. O objetivo é analisar o perfil do novo gestor municipal (2017-2020) no âmbito nacional e regional com vistas a identificação das potencialidade e desafios para a tomada da decisão no âmbito do SUS.

Publicações 

Várias publicações serão lançadas durante o Congresso, como a Revista Conasems nº 69, Catálogo de experiências exitosas 2016, Revista Sustentação nº 41 – Cosems Ceará, Vírus Zika no Brasil, A resposta do SUS – SVS, ZikaLab – Laboratório de Formação do Trabalhador de saúde no contexto do Vírus Zika – Relatório Final, INOVASUS 2015 – Valorização de Boas práticas e inovação na gestão do trabalho na saúde Gestão da Educação na Saúde – DEGERTS/SGTES/MS, Gestão do Conhecimento – Recuperação do acervo dos sanitaristas, entre outras.